JULIA VALESCA PAIS:
"A noite é dos pássaros"

E OS PÁSSAROS POUSARAM SOBRE O MEU PAPEL - REFLEXÕES CRÍTICAS SOBRE O ROMANCE “A NOITE É DOS PÁSSAROS”

INDEX
Objetivo
Resumo
Sumário
INTRODUÇÃO
1 – Nicodemos Sena e sua fortuna crítica
2 – Hans Staden e Duas viagens ao Brasil
3 – Nicodemos Sena e A noite é dos pássaros
4 – Uma leitura comparada
         4.1 – O elemento religioso
         4.2 – O caráter de Alexandre Rodrigo Ferreira X Hans Staden
         4.3 – O relato dos costumes tribais
         4.4 – A diferença de gênero entre as obras
5 – A noite é dos pássaros e a Pós-Modernidade
         5.1 – O ecletismo estilístico em A noite é dos pássaros
         5.2 – A intertextualidade em A noite é dos pássaros
         5.3 – O  hibridismo em A noite é dos pássaros
CONCLUSÃO
REFERÊNCIAS
ANEXO: ENTREVISTA COM NICODEMOS SENA

4 – Uma leitura comparada

         Como já dito anteriormente, a presença do elemento religioso e o relato de costumes tribais estão presentes em ambas as obras aqui mencionadas. Porém, a caracterização desses fatos é abordada de maneiras diferentes em cada um deles. Outro fator de relevância a ser apontado é a diferença de caráter existente entre as personagens principais, Hans Staden e Alexandre Rodrigo Ferreira. Além disso, é necessário destacar a diferença de gêneros entre os livros. Enquanto Duas viagens ao Brasil possui as marcas do ensaístico, A noite é dos pássaros possui as do ficcional. Esses são os pontos que iremos abordar neste capítulo.

 
 
 
 
 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano