Isabel Serra
Entre chuva e rosas

ENTRE CHUVA E ROSAS - INDEX

Rosas de um jardim
Fotografia de um bar
Um amor de croissant
Copos de cristal
Velhas fotografias
Amor pedagógico
Piqueniques na cidade
Um olhar diferente
Perfeição
Rompendo à chuva

VELHAS FOTOGRAFIAS

Quando o António morreu Vera acabou por se decidir a vender a casa. Não havia razão para a manter - o marido morrera, o filho ia-se embora. Começou então um período muito difícil da sua vida. Todos os dias, depois do trabalho, regressava a casa e encaixotava livros, discos e muitas outras coisas. Hesitava em se desfazer daquilo que já não lhe servia para nada mas que fazia parte da sua vida, do seu passado. Sentia que estava a despedir-se de si própria. Deve acontecer o mesmo com toda a gente da minha idade que desfaz uma casa onde vivia há trinta anos, pensava Vera.

De tudo o que teve que escolher e arrumar, o que levou mais tempo foram as fotografias. Ficava horas a olhar para as fotografias antigas, muitas delas em caixas ou envelopes. O filho encontrou-a várias vezes, com lágrimas nos olhos a folhear álbuns. Um dia disse-lhe:

- Gostávamos tanto um do outro, o pai e eu! Já quase o tinha esquecido, mas estas fotografias recordam-mo.
O Tiago abraçou-a e riu.
- Nunca duvidei disso.
-Então porque é que não o conseguíamos transmitir?
- Fala por ti, mãe, o pai sabia bem que tu gostavas muito dele. O carácter dele era seco, não permitia grandes expansões. Tinha uma espécie de timidez sentimental.

Mãe e filho acabaram por ficar horas a ver e a arrumar fotografias e essa foi a melhor parte do desfazer da casa. Vera prometeu ao filho que lhe faria um álbum comentado, onde figurassem não só as datas e os locais das fotografias mas também os seus pensamentos sobre as vivências que elas representavam. Depois da mudança, na sua nova casa, ocupou muito do seu tempo livre nessa tarefa.

Quando acabou, Vera ficou espantada com a história que tinha construído sobre a sua vida, a partir de velhas fotografias. Era uma verdadeira história de amor.

Professora da Faculdade de Ciências de Lisboa. Membro do CICTSUL.
 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano