VII Colóquio Internacional
"Discursos e Práticas Alquímicas"
LAMEGO - SALÃO NOBRE DA CÂMARA MUNICIPAL
22-24 de Junho de 2007
Transformação: Caminhos da ”Personagem Feminina”
por Eugénia Vasques
 

INDEX

Ponto 0
Ponto 1
Ponto 2
Ponto 3
Ponto 4
Ponto 5
Bibliografia

Ponto 2

Numa sequência rica em consequências que liga o Simbolismo às Vanguardas Modernistas do início do século XX, a evolução da Personagem prossegue o seu caminho de desubstanciação com a sua consequente desumanização. A responsabilidade do Sentido transita, no drama, da dupla antes fundadora Personagem-Acção, para outros elementos mais abstractos que, no teatro dramático, tomaram sobre os seus ombros a responsabilidade do “peso” da narrativa. O Tempo, que foi esvaziado, torna-se espacial. A figura humana já não é a medida de todas as coisas. Fica a paisagem, um conceito que se revelará cada vez mais apropriado com o aumento consciência ecológica, e que contempla, em cena, a existência real ou medida de figuras humanas, sim, mas que não constituem já o foco principal da atenção do criador ou do espectador. O foco, agora, é o espectáculo em si.

O “terror e a piedade” que subjaziam, moralmente, à dramaturgia, são abolidos da cena teatral, iniciando-se uma sensibilidade pós-humanista (cf. Fuchs p. 35), a sensibilidade do capitalismo de mercado.

 

INICIATIVA:
Centro Interdisciplinar de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade de Lisboa (CICTSUL)
Instituto São Tomás de Aquino (ISTA)
www.triplov.org

Patrocinadores:
Câmara Municipal de Lamego
Junta de Freguesia de Britiande
Dominicanos de Lisboa

Fernanda Frazão - Apenas Livros Lda
apenaslivros@oninetspeed.pt

 
 
 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano