Procurar textos
 
 

 

 

 






 

 


Pedro Oom...

 
 

PEDRO OOM

Escritor surrealista. Inicialmente ligado ao neo-realismo, ingressou, no final da década de 40, na corrente surrealista. Foi ele o mentor da teoria do abjeccionismo, em Portugal, ao redigir, em 1949, o Manifesto Abjeccionista, texto que se perdeu e de cujo conteúdo e concepções só podemos fazer uma ideia através de uma entrevista que Pedro Oom concedeu ao Jornal de Letras e Artes, em 1963.

Até 1974, os seus textos encontravam-se dispersos por jornais e revistas, e só postumamente foram reunidos e publicados em Actuação Escrita (1980). A sua escrita foi fortemente influenciada pelo surrealismo, detectável na utilização até à obsessão de imagens insólitas. A obra ficcional de Pedro Oom resume-se a um conjunto de pequenos textos englobados em Histórias para Crianças (Emancipadas), que não são mais que pequenos relatos sem quaisquer preocupações de verosimilhança e com um tom humorístico e irónico que se depreende logo dos títulos de alguns deles: «O Coelhinho que Nasceu numa Couve» ou «A Noiva Perna de Pau».

Fonte: http://www.universal.pt/scripts/hlp/hlp.exe/artigo?cod=2_201

 

   
   

 

 

 

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano