O LIVRO DE OURO
DE SAINT GERMAIN

CAPÍTULO XXII - O PLANO PSÍQUICO

O estudante deve compreender que o denominado "plano psíquico" nada tem a ver com a Espiritualidade. É unicamente uma faculdade da consciência humana que pode ser posta em jogo por aquelas pessoas que lhe prestarem suficiente atenção. Porém, adverte-se àquele que deseja entrar sozinho no plano psíquico, consciente ou inconscientemente, é melhor que não houvesse vindo a esta encarnação, pois a fascinação dos fenômenos psíquicos é tão impregnante, que todo aquele que se ancora neste plano, não se liberta dela nesta encarnação; pode necessitar de várias encarnações para libertar-se.

Em todo nível de consciência há um fragmento da Verdade não compreendida, pois, se não houvesse, não seria possível sustentar-se (só a Verdade é eterna: a mentira existe, é possível, porém transitória). Deveis compreender que em todas as coisas, em toda atividade há mais ou menos energia divina em ação, talvez mal usada, porém em ação.

O estudante sincero não prestará atenção aos fenômenos psíquicos visuais ou auditivos e deve compreender que deve atravessá-los diretamente, pelo poder de sua vontade interior (a chama azul) e sua determinação, e entrar no Cinturão Eletrônico onde se expressa unicamente a Verdade.

Amado estudante, enquanto explico este assunto, que é necessário, quero que tomeis a resolução de não sentir temor algum. Dentro do nível psíquico do pensamento e sentimento atua o que se conhece como "a força sinistra" neste mundo. Algumas vezes, almas que alcançaram esplêndidas vitórias interiores, não compreendendo a realidade do que estou mencionando, permitiram que sua atenção se detivesse ou fosse atraída para este nível, pelo fato de terem suas faculdades físicas despertadas prematuramente; e ainda pela razão de que uma semelhança da Verdade e alguns fenômenos lhes foram apresentados para atrair sua atenção. Mas, se prestarem a devida atenção, verão que essa semelhança com a Verdade desaparece.

Um dos atributos mais fascinantes deste plano é o das falsas profecias, as quais fazem com que o indivíduo faça outras mais audazes ainda. De vez em quando se cumpre alguma para manter a atenção mais fortemente. Junto com isto, há uma substância que é introduzida no cérebro (não posso explicar mais agora), o que torna impossível, mesmo ao mestre, interferir para ajudar, porque implicaria atuar contra o livre-arbítrio da pessoa que aceitou a situação. Há alguns casos em que a pessoa compreende o erro antes que seja demasiado tarde, e ante sua intensa chama­da para ser libertado, um dos Irmãos é enviado para esse fim.

Ocasionalmente, há alguém que por sua grande pureza passa através deste plano sem conhecê-lo ou contatá-lo. Este indivíduo é realmente muito feliz. As forças neste plano trabalham diretamente sobre a natureza sensorial e sobre as paixões do indivíduo, porque é mais fácil chegar ali.

Aqueles que perderam o poder controlador (domínio) sobre as suas paixões, ira ou sexo, se enredaram na esfera psíquica do pensamento e sentimento e abriram assim as portas de seus belos e maravilhosos Templos de Deus.

Através destas portas abertas, essas forças psíquicas penetram intensificando suas paixões até uma condição incontrolável. Melhor seria que o indivíduo pisasse em uma cobra cascavel. Uma vez enredado nesta esfera psíquica, quase sempre fica preso por muitas encarnações.

Por que isto? Porque imprimem gravações em seus mundos mentais, das quais não sabem como se libertar. Portanto, estas almas nascem de novo com iguais tendências até depois do segundo e terceiro nascimento. São as criaturas depravadas que podem ser encontradas em qualquer lugar que se vá.

Às vezes, a influência é suficientemente maliciosa para se ocultar do mundo exterior durante muito tempo, efetuando sua obra nefasta em segredo. E aqui está a mais lamentável parte desta situação, que aparenta ser oculta, porém não está.

Nos mais altos planos há grandes e belas almas que, voluntariamente, descem a este plano para ajudar, através de suas radiações, a desligar a humanidade deste estado psíquico. Há voluntários masculinos e femininos, porém a maioria é feminina.

Há belas almas encarnadas em corpos femininos que se unem em matrimônio exterior com uma alma masculina que se encontra emaranhada nesta condição psíquica, para libertá-la.

Se uma pessoa disposta a contrair matrimônio, antes de dar esse passo, evocasse o Deus Interior dizendo: "Se este casamento tem por base um desejo passional, que não se efetue", grandes desgraças e sofrimentos seriam evitados.

E agora a parte essencial de tudo isto: Aqueles que por seus próprios esforços ou pela instrução que recebem, chegam a compreender exatamente o que significa a "Magna Presença EU SOU", ou seja, o verdadeiro Ser de cada um, se firmarem esta verdade, nunca mais serão arrastados a estas discórdias, a menos que se ofereçam para servir, voluntariamente, de acordo com os Mais Altos Planos de atividade, onde sabem exatamente o que estão fazendo. Nos períodos de guerra que mais facilmente se abrem as portas ao plano psíquico. Por esta razão se observou que depois das guerras há uma maior manifestação de paixões incontroláveis do que em qualquer outro momento. O conhecimento do plano psíquico não deve causar temor especial a ninguém. Se em dado momento os estudantes tomam-se conscientes de estar atravessando este plano, devem, instantaneamente, afirmar: "Eu Sou a Presença Mestra controladora e sempre vitoriosa", e instantaneamente se encontrarão com toda a força necessária para enfrentar as aparências e atravessá-las serenamente, sem temor".

Jesus sugeriu que esta explicação seja dada a todos os estudantes quando entram na Radiação Tríplice. Esta Radiação Tríplice significa que Ele sempre carrega Sua Radiação com a Tríplice Atividade do Pai, do Filho e do Espírito Santo ou a "Presença Eu Sou").

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano