Armando Nascimento Rosa

A ILUSÃO CÓSMICA
VIAGEM AO FUTURO NO PALCO

Segundo Acto
A Família Modelo

Cena 2

VELHO PAI: ( Um foco de luz ilumina-o,sentado numa cadeira giratória, num face-a-face com a assistência. O restante espaço de cena permanece na obscuridade. ) Não fosse o Hélio o locutor-pivot e não gastava eu tempo a assistir a estas banalidades. Já se adivinha o que aí vem: as confissões pastelosas de uma figuras mediáticas que se sustentam à nossa custa graças aos níveis de audiências. Calhou o meu filho ser terapeuta da informação. Ao menos não perde o tempo a escrever obras literárias que não interessam a ninguém. (Tira uma folha dobrada do bolso, lê-a de soslaio com pouco interesse e amachuca-a.) Agora nem isso. A fonte secou-se. Também se eu vos disser quanto ganho em direitos de autor à conta dos meus livros, vocês iam rir-se à minha custa. Se o Hélio não me desse uns trocos de vez em quando, não sei onde estaria hoje esta carcaça. (Pausa.) Mas não quero falar de mim! Vou ligar a TvPhobos e esquecer os problemas pessoais. Há lá coisa melhor que a tirania dos écrãs? E eu cheio de vaidade por andar por lá o meu filhote... (De braço esticado, o VELHO PAI carrega no telecomando e gira na cadeira, virando costas ao público. Nesse momento o foco que o iluminava apaga-se e oVELHO PAIdesaparece de cena. Depois de alguns momentos, as luzes do palco acendem-se em pleno.)

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano