Procurar textos
 
 

 

 

 

 






CENDREV - Centro Dramático de Évora
Teatro Garcia de Resende

CENDREV APRESENTA
Resultados de 2007 e Programação de 2008

A actividade desenvolvida pelo Cendrev, no ano 2007, foi marcada pelos 300 anos do nascimento do dramaturgo italiano Carlo Goldoni, de quem a companhia, em co-produção com o Teatro Nacional D. Maria II e o Teatro dos Aloés, montou o espectáculo “Criadas para todo o serviço” para além de outras iniciativas que assinalaram o início do ano comemorativo que termina no próximo mês de Fevereiro com a estreia da peça “A Guerra” no Teatro Nacional em Lisboa. 2007 foi também ano de Bienal de Marionetas com a realização da sua décima edição, vinte anos após o lançamento desta iniciativa que tem como anfitriões os “pícaros” e “atrevidos” Bonecos de Santo Aleixo e que, pela sua qualidade e dimensão, ganhou lugar de destaque na programação cultural da cidade e do país.   

Ao longo do ano a companhia estreou ainda textos de dois autores portugueses “Além as Estrelas são a Nossa Casa” de Abel Neves e “Cabaré de Ofélia” de Armando Nascimento Rosa, também apresentados no programa do V Encontro de Teatro Ibérico, para além de uma incursão na dramaturgia irlandesa com a montagem da peça “O Valentão do Mundo Ocidental” de John Millington Synge. O programa de trabalho de 2007 contou igualmente com a apresentação dos espectáculos “O Eunuco de Inês de Castro” e “Um Inimigo do Povo”, da produção de 2006, bem como com os habituais espectáculos realizados com os Bonecos de Santo Aleixo que circularam um pouco por todo o país e também no estrangeiro.

Destaca-se ainda a exposição “Mestre Salas apresenta…Exposição de Marionetas Portuguesas” realizada no âmbito da X edição da Bienal Internacional de Marionetas de Évora, que esteve patente ao público de 5 de Junho a 31 de Outubro e que contou com 4.000 visitantes.

A companhia realizou ao longo do ano 136 representações, das quais 77 em Évora e as restantes levaram o Cendrev a Alcobaça, Almada, Almodôvar, Arraiolos, Coimbra, Covilhã, Dublin (Irlanda), Ervedal, Fundão, Igrejinha, Lisboa, Montemor-o-Novo, Montoito, Olival de Basto, Portalegre, Redondo, S. Pedro da Gafanhoeira, Serpa, Serra de Montemuro, Vale do Pereiro, Vila do Conde e Vila Velha de Ródão. Ao conjunto de espectáculos apresentados pela companhia assistiram 8.983 espectadores.

No Teatro Garcia de Resende, cuja gestão é assegurada pelo Cendrev, realizaram-se, ao longo do ano passado, 178 espectáculos de teatro, música, dança e marionetas que tiveram a participação de 20.028 espectadores, para além, naturalmente, dos tempos de ensaios da companhia residente e dos períodos de instalação e desmontagem das produções acolhidas.

Na programação para 2008 o Cendrev, em parceria com o Teatro Nacional D. Maria II e o Teatro dos Aloés, encerram as comemorações dos 300 anos do nascimento do dramaturgo italiano Carlo Goldoni com a estreia em Lisboa da peça “A Guerra” no dia 14 de Fevereiro, espectáculo que será apresentado no Teatro Garcia de Resende de 12 a 29 de Março depois de passar também pelos Recreios da Amadora nos dias 5, 6, 7, 8 e 9 do mesmo mês. Em Abril a companhia estreia em Évora a sua segunda produção, “Memórias de Branca Dias” um projecto dirigido por Filomena Oliveira organizado a partir de um texto de Miguel Real. Em Julho o Cendrev faz uma nova incursão na dramaturgia vicentina, desta vez, para apresentar o “Auto da Festa”, numa aposta de teatro de rua dirigida claramente para a animação das noites de verão da cidade Património da Humanidade e, no final do ano, volta à dramaturgia de Armando Nascimento Rosa com o texto “Antígona Gelada” para encerrar o ciclo de trabalho que manteve com este dramaturgo eborense durante os últimos quatro anos.

O trabalho de sensibilização do público jovem continua a merecer a atenção da estrutura, na concretização de um conjunto de acções de aproximação destes públicos ao fenómeno teatral, nomeadamente, através do apoio aos projectos dos amadores e grupos de escola, da formação de professores, de visitas guiadas ao Teatro Garcia de Resende e da organização de espectáculos compatíveis com os horários lectivos. Esta realidade levará o Cendrev a repor o espectáculo “Além as Estrelas são a Nossa Casa” de Abel Neves, para cumprir um programa de trabalho com as Escolas do Ensino Secundário no mês de Abril. Por outro lado, a satisfação dos calendários de programação estabelecidos com diversas autarquias da região, implicam também a permanência em cartaz de alguns espectáculos, como é o caso este ano de “O Valentão do Mundo Ocidental” de John M. Synge que irá a Arraiolos, ao Redondo e a Beja.

Da programação para este ano destaca-se, ainda, a celebração do dia Mundial do Teatro, 27 de Março, abrindo à população da cidade as portas do Teatro; a realização da sexta edição do Encontro de Teatro Ibérico; a programação dos Bonecos de Santo Aleixo, que este ano têm, para além das muitas saídas já confirmadas, a sua presença assegurada numa grande exposição de marionetas ibéricas, patrocinada pelo Governo  Espanhol, que estará em Março em Nova Deli e em Junho em Pequim.

Além da sua programação a companhia é igualmente responsável pelo acolhimento de todos os projectos artísticos que de desloquem ao Teatro Garcia de Resende.

Ainda que a cultura no nosso país continue a ser o parente pobre de todos os orçamentos, apesar do reconhecimento europeu da crescente importância desta actividade no plano económico e da criação de emprego, o esforço desenvolvido por alguns projectos artísticos no cumprimento da sua vocação de serviço público tem sido a principal garantia da manutenção de verdadeiros pólos de desenvolvimento de vida cultural. 

CENDREV
Teatro Garcia de Resende
Praça Joaquim António de Aguiar
7000-510 Évora
Telef: (00351) 266703112
Fax: (00351) 266741181
www.cendrev.com

   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano