Procurar imagens
     
Procurar textos
 

 

 

 

 


 

 

JOSÉ AFONSO
ZECA AFONSO

JOSÉ AFONSO
Antologia Mínima, por Rui Mendes
In Cantares
Ronda dos paisanos

Ao cair da madrugada

No quartel da guarda

Senhor general

Mande embora a sentinela

Mande embora e não lhe faça mal

 

Ao cair do nevoeiro

Senhor brigadeiro

Não seja papão

Mande embora a sentinela

Mande embora sua posição

 

Ao cair do céu cinzento

Lá no regimento

Senhor coronel

Mande embora a sentinela

Mande embora e deixe o seu quartel

 

Ao cair da madrugada

Depois da noitada

Senhor capitão

Mande embora a sentinela

Mande embora o seu guarda-portão

 

Ao cair o sol nascente

Venha meu tenente

Deixe a prevenção

Mande embora a sentinela

Mande embora e tire o seu galão

 

Ao cair do frio vento

Primeiro sargento

Junte o pelotão

Mande embora a sentinela

Mande embora e cale o seu canhão

 

Ao cair do sol doirado

Venha meu soldado

Largue o seu punhal

Vá-se embora sentinela

Vá-se embora que aí fica mal

 

Vá-se embora sentinela

Vá-se embora que aí fica mal

 
 
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano