:::::::::::::::::::RUY VENTURA:::::
FRAGMENTOS DE UM RETÁBULO

índice provisório

o arco – Maria Lucília Moita
as asas – “São Miguel e as Almas”
o rosto – João Salvador Martins
as flores – Nicolau Saião
o vidro – Nicolau Saião
os espinhos – “Ecce Homo
a pedra – Claude Monet
a escuridão – Francisco de Zurbarán
a moldura – Frida Kahlo
retrato – Edgar Degas
a sombra – Diogo Pimentão
presença – Jorge Martins

a escuridão

há lâmpadas no corpo

quando as imagens nascem de outra terra.

a luz atravessa a carne.

nasce nas veias

para separar do mundo

o que pertence ao mundo.

há olhos vivos

(no cordeiro que adormece?),

sangue no rosto, nos dedos, nos pés.

– se a escuridão não existisse

como escutaríamos a voz

que rompe os tecidos?

[Francisco de Zurbarán]

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano