Pedro Nobre
Reflexos

ESPELHO DA VIDA

Para o espelho olhei

O meu rosto se modificou

Uma lágrima derramei

Adulto já sou

 

Cresci e não dei pelo tempo passar

Por tantos caminhos andei

Mas sempre na sombra do teu olhar

Hoje foi de ti que me lembrei

 

O teu sorriso que me vacinou

Que irei sempre relembrar

O tempo para mim parou

Quanto te vi abalar

 

Ainda te chamei

O meu coração ainda te procurou

Eu sei, também te magoei

Foi tempo em vão e a nada levou

 

Espero que já saibas o que significa amar

Contigo nunca mais falei…

Por vezes quando observo o mar

Penso no que nos aconteceu e que alto sonhei

 

O meu amor já se acabou

Estas águas turvas me fizeram pensar

Que a oceanos mais calmos me levou

Para de novo amar

 

Espelho meu eu sei que errei

Até tanto tempo já passou

Não o aproveitei

Agora o meu rosto modificou-se…

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano