Procurar imagens
     
Procurar textos
 

 

 

 

 


 

 

MORTE E VIDA SEVERINA
João Cabral de Melo Neto
UMA MULHER, DA PORTA DE
ONDE SAIU O HOMEM,
ANUNCIA-LHE O QUE SE VERÁ

—— Compadre José, compadre,
que na relva estais deitado:
conversais e não sabeis
que vosso filho é chegado?
Estais aí conversando
em vossa prosa entretida:
não sabeis que vosso filho
saltou para dentro da vida?
Saltou para dento da vida
ao dar o primeiro grito
e estais aí conversando
pois sabeis que ele é nascido.

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano