Procurar textos
 
 

 

 









JOSÉ DO CARMO FRANCISCO

A mais pequena livraria do Mundo -
Livraria do Simão

Fica nas Escadinhas de S. Cristóvão nº 18 (à Rua da Madalena) na Baixa, tem o telefone 211106666 e o código postal 1100-512 Lisboa. O seu proprietário Simão Carneiro tem 37 anos de idade, uma licenciatura e uma pós-graduação em Enologia mas o seu mundo é este: livros usados, raridades bibliográficas, discos, papéis antigos, gravuras, manuscritos e banda desenhada. A casa tem um metro de largura e 3,80 metros de comprimentos – o que perfaz 3,80 metros quadrados. De tal modo é maneirinha a livraria que quando o cliente curioso entra, o seu proprietário tem de sair. Não há espaço para dois seres humanos lá dentro. O espaço foi arrendado há quatro anos e tem uma frequência interminável de gente que vem do Castelo para a Baixa a pé. Ouve-se falar inglês, castelhano, francês, italiano, russo. Os turistas acham graça e às vezes compram.  

Há aqui um pequeno «stock» de livros estrangeiros.  

Mas há quem recorde este espaço como uma tabacaria onde em tempos passados os rapazes das redondezas compravam cigarros à unidade – 3 cigarros «Provisórios» por 5 tostões, 5 cigarros «Definitivos» por 10 tostões. E o inevitável «Condor Popular» mais o «Cavaleiro Andante»; nos mais antigos ainda a memória do pioneiro, «O Mosquito».  

Hoje a mais pequena livraria do Mundo tem o seu espaço quase repleto de raridades bibliográficas: Jorge de Sena, Ruy Cinatti, António Botto, António Nobre, Vitorino Nemésio, José Saramago, a antologia da Poesia Portuguesa do século XX da Moraes Editores. Há de tudo, entre 80 e 1.000 euros. Mas também há muitos livros a 5 Eur e até a 1Eur…  

Desde que a descobri numa tarde de Verão tenho ido lá com frequência e nunca me desiludi. Aparece sempre uma surpresa agradável. Há de tudo e para todos os gostos: desde a biografia de Marilyn Monroe ao livro de entrevistas de Fernando Assis Pacheco, desde um livro de crónicas de Rubem Braga à obra poética de Carlos Drummond de Andrade. Ou seja – o Sentimento do Mundo na mais pequena livraria do Mundo.  

JCF

 

JOSÉ DO CARMO FRANCISCO (Santa Catarina, Caldas da Rainha,1951).

Prêmio Revelação da Associação Portuguesa de Escritores. Colaborou no Dicionário Cronológico de Autores Portugueses do Instituto Português do Livro. Poeta. Possui uma antologia da sua poesia publicada no Brasil. Jornalista, colaborou entre outros em "A Bola", "Jornal do Sporting", "Remate", "Atlantico Expresso"...

Autor de "Universário", "Jogos Olímpicos", "Iniciais", "Os guarda-redes morrem ao domingo", etc., bem como de antologias como "O trabalho", "O desporto na poesia portuguesa e "As palavras em jogo", entre outras.

É secretário da Associação Portuguesa de Críticos Literários. Vive em Lisboa.
 Contacto: jcfrancisco@mail.pt

 
 
 
 
 
 

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano