Paulo Brito e Abreu.........
O carme e o charme
( convoco, para a Musa, o Arcano e Arcaico da Estética Estrela )

Deram-me oliveiras nas pálpebras
cerradas da noite,

De noite curti o teu olhar
à míngua de sangue e de facadas;

De noite vi a curva dos teus seios
que pareciam moldados por mãos de profeta,

E houve relinchos, galopadas, cavalgadas
pela noite fora.

De dia tu eras diferente:
Estavas vestida e trazias-me uma Flor.

Lisboa, 18/ 09/ 1979

SIC ITUR AD ASTRA

PAULO JORGE BRITO E ABREU
 
 
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano