Paulo Brito e Abreu.........
Auto-retrato
( avoco, para a Musa, o Arcano e Arcaico do Sápido Sol ) 

«Campos, música, vinhos, Indústria.»
João Belo

Tenho luvas de carmim
E canto loas à Lua,
Tenho o Karma e querubim
Numa Noite que é tua.

Nada sou, um Arlequim
Que já perdeu toda a sua
Aparência de jasmim
Numa Noute nada nua.

Tenho lava e escuridão
No universo que rejeito
Dos meus dedos hialinos......

Sei dizer que sim e não,
Tomo a sério e tomo a peito
Os meus lábios masculinos.

Queluz, 28/ 11/ 2014
SIC ITUR AD ASTRA
PAULO JORGE BRITO E ABREU

 
 
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano