Procurar textos
 
 

 

 

 

 






A. MEIRELES GRAÇA....................

Natal 2011

E eu aqui, sarcástico menino

Ao ver sacar assim os teus direitos

Da forma mais cruel e mais brutal

Por um poder atroz e tão cretino

De quantos por aí se vão afeitos

Ao serviço do grande capital…

Já nem consigo ver que nada resta

Do sentido real e verdadeiro

Desse Natal que era a grande Festa:

 

Só por isso não venho prazenteiro

A desejar-vos um Feliz Natal!

 

Já os escravos marcham sem escolta

Até à forca vil que vai montada

Por quem promessas fez em sua volta

Numa fala mansinha e descarada:

Como nos vemos todos sem Natal

Sem Pátria, sem Nação, sem Portugal!

 

A Festa vai mudada…

 

A. Meireles Graça, in su Tebaida de Creixomil.

Guimarães, 22-12-2011      

Nascido em 1937, A. Meireles Graça, autodidacta, Técnico Oficial de Contas de profissão, escreve desde os 15 anos na Imprensa Regional e algumas revistas técnicas. É autor de cerca de 18 Pregões de S. Nicolau, 20 libretos das Danças de S. Nicolau, 1 Testamento de Judas, Publicou apenas um livro: "Pregões dos Velhos". Mas continua a escrever para o boneco, poetando e prosando quando menos espera e sem nenhuma pressa de perturbar o leitor... 

   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano