Procurar textos
 
 

 

 

 

 






A. MEIRELES GRAÇA
Dieta I
 

Agora que me foge a dentadura

Para vitela filha de mãe louca

E de vitelas vejo mais fartura...

Vem médico dizer que coma pouca!

 

Por ’i tanta doçura em torrãozinho

Tão descascada fruta para ver...

Bem eu queria provar um bocadinho

Mas estou proibido de a comer!

 

E erguendo na mão as minhas provas

Em perigo faiscando de vermelhas

Aos ouvidos me grita o Esculápio:

 

“Agora não mais come carnes novas!”

E assim condenado a carnes velhas

Só velhas mesmo restam no cardápio...

 
Almeir/97
 
   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano