SARA L. MIRANDA...

O apelo dos búzios - Index

Existências

Não consigo antever a tua estrela.
No céu safira flutua uma pequena nuvem azul que pinta o anoitecer de laranja.
Não obstante, espero pacientemente pelo nascimento do amanhecer.
Não consigo antever a tua estrela.
As luzes evanescentes do Porto assustaram-na para longe.
Como pode a escuridão parecer tão errada?

Tira-me os medos sombrios que me afixam absorta na preocupação e representa-os.
Como uma canção de embalar. Uma razão de ser.
Faz-me compreender as lições, encontrar as palavras certas: alhear-me de tudo o resto…

Saio de uma obscuridade que não é sono, mas algo mais vasto e reconfortante.
O negro da inconsciência deliberada ou talvez a noite que antecede o primeiro despertar que os bebés conhecem no ventre e depois esquecem para sempre.

Todo e qualquer deslumbramento tem um momento, uma felicidade, uma descoberta.
Estarei muito atenta ao que o quotidiano me oferecer, pois não sou um problema que tem de ser resolvido, mas um trabalho em progresso.

Sara L. Miranda nasceu a 6 de Janeiro de 1986. É uma escritora portuguesa do blogue Uma Casa Em Viagem, tendo publicado nele 75 poemas, para além de ter feito traduções de textos em francês e inglês. Dos seus poemas constam entre outros os seguintes títulos: Digressão do pensamento, Página vazia, Existências, O Apelo dos búzios, A tribulação das ondas, Fases, Vácuo, Marioneta, Desencanto, Essência do sonho, A vida feita em palavras, A viagem ao fundo de mim, Construir a emoção, Ser Como, E em Maio também há borboletas, Pássaro da madrugada, Tempo de ser, Teu Retrato, minha imagem. Um dos seus últimos trabalhos é um poema sobre a interiorização pessoal e a sua maneira de ver as pessoas na pequena cidade de Lamego, onde se encontra a estudar.

 

Blogue de Sara L. Miranda:
http://umacasaemviagem.blogspot.com/

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano