:::::::::::::::::::::::::::::Rubén Mejía:::::::::
EXPÍRITO - MULTIVERSOS
Livro: Expírito - multiversos
Autor: Rubén Mejía
ISBN: 978-85-7531-241-4
Gênero: Poesia mexicana
Edição: 1ª Edição . Páginas: 232
Formato: 14x21 . Peso: 0,275
Preço: R$ 26,00

INDEX

Poemário: Rubén Mejía
Nota de imprensa da Escrituras Editora
Carta-prólogo de Jorge Aguilar Mora
Expírito ou a luta cega na rede das estrelas: Reyna Armendáriz González

Traduções de Floriano Martins

Nota de imprensa da Escrituras Editora

A Escrituras Editora publica no Brasil Expírito - multiversos, trabalho do poeta, editor e tradutor mexicano Rúben Mejía, que traz carta-prólogo de Jorge Aguilar Mora e posfácio de Reyna Armendáriz González. A tradução é de Floriano Martins.

Expírito representa a morte vital; o exercício sublime e iniludível de expirar em consciência da morte, da leveza humana, exercício que paradoxalmente dá asas e força à existência. Este é, a rigor, o sopro de vida que normalmente chamaríamos de “espírito”, e que Mejía permuta por um ex latino que de imediato nos coloca “fora de”.

Expírito sempre morre e, no entanto, vai modelando uma medula inesgotável na vida. O fundo encaixa-se à forma e deixa-nos profundos e gelados. Cruzamos a desolação sagrada da existência, a impossível fronteira do instante, o instante infinito da morte... religiosamente vivendo. O autor viaja no seu estado existencial, nas curvas mais ocultas das palavras que, por vezes, abruptamente cerceadas, brilham, se tocam, punçam melhor. Uma linguagem esculpida com profundidade oferece-nos harmonia e determinação, e, sobretudo, uma voz que está em condições de interatuar com a fagulha racional da alma.

 
 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano