PEDRO DU BOIS

Voltar

VOLTAR

(Pedro Du Bois, inédito)

 

Quando nossos ancestrais vieram

livres da pobreza europeia

no mundo novo

ganharam espaços

para nos gerarem

 

não nascemos em terras

secas entre guerras

 

vicejamos na ignorância

suprida pelo espaço oferecido

 

perdida a história

 sonhamos a volta

aos vales verdejantes

que poderiam ter sido

e não foram.

GO BACK

 

(Pedro Du Bois, unpublished)

(Marina Du Bois, English version)

 

When our ancestors came

free from European poverty

in the new world

they have gained spaces

to generate us

 

we were not born in dry

land amid wars

 

we thrive in the ignorance

supplied by the offered space

 

of the lost history

we dream of returning

to the green valleys

that could have been

and were not.

 
 

outros poemas:
https://plus.google.com/u/0/108438516741639533660
http://pedrodubois.blogspot.com.br/

PEDRO de Quadros DU BOIS, Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, 1947. Residente em Balneário Camboriú, Santa Catarina, Brasil. Poeta e contista. Vencedor do IV Prêmio Literário Livraria Asabeça, Poesias, 2005, com o livro OS OBJETOS E AS COISAS, editora Scortecci, São Paulo.

Diversos livros de poemas publicados, como editor-autor, de forma artesanal, com tiragens mínimas, sem finalidade comercial. Livros editados através do Projeto Passo Fundo: Brevidades, Via Rápida, Iguais, Tânia e Em Contos; pela Sarau das Letras: Seres e O Livro Infindável e outros poemas.


http://www.globoonliners.com.br/icox.php?mdl=pagina&op=listar&usuario=5812

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano