::::::::::::::::::::::::::::Nuno Júdice::::

POEMAS - INDEX

Tarde com sol
Exercício
Prognósticos
Interrupção de viagem
Jantar
Vigília branca

Jantar

Ao jantar, tive uma ninfa

para a sobremesa. Tirei-lhe o vestido

e fiquei com a polpa

nas mãos. Separei os gomos

dos seus seios, descasquei

a sua pele, soltei-lhe dos cabelos

os caroços, e vi o fruto abrir-se

num colar de róseas pérolas. Fiz

com que o seu sumo me escorresse

pelas mãos, e bebi-o na taça

dos seus lábios. Ao jantar,

com uma ninfa nua

no prato da sobremesa,

esperei pelo café; e enquanto

não chegava, esvaziei o prato,

e fiquei com fome.

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano