:::::::::::::::::::::LUÍS COSTA::::::::::::
Para uma Poética

Desde que se lembre, sempre recusou sentar-se no
Confortável cadeirão da mímesis.
Essa não era a sua maneira de olhar as coisas.
A sua perspectiva era um mergulho nos espelhos,
Estoirá-los até que o sangue jorrasse...

Escrever o mundo com o seu próprio sangue, em
Relâmpagos, essa era a solução

 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano