:::::::::::::::::::::LUÍS COSTA::::::::::::
O LIVRO EXUMADO
(XLIV POEMAS) - Index
Hoje

Hoje  trago em mim o delírio
Das cascatas e dos desertos,
Os zunidos dos gafanhotos
E os guilhos dos mosquitos,
Também o ouro do trigo
na pedra da luz, já moído

Hoje  vou mergulhar o meu
Corpo ávido de fogo nas
Entrenhas da terra, hoje vou
Incendiar o mundo, vou ser
Pássaro ou astro ou um mastro
No mar sem fundo

XI

Desenrolo o casulo
das palavras

Molho-as na ponta
da língua

Saliva branca
de sangue

O mar,
ainda há pouco vazio,
enche-se

 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano