FRIEDRICH HÖLDERLIN
Cinco poemas de Friedrich Hölderlin

Origem: " Friedrich Hölderlin”, Gedichte”, Reihe Reclam, Phillipp Reclam 2000. Tradução de Luís Costa, Züschen MMVII
(Edição Bilingue)

A canção de Hyperion

Oh santos génios! Vós caminhais,

lá por cima, em luz, sobre terra suave.

Brilhantes deuses etéreos

Tocam-vos levemente,

Qual os dedos da artista

nas cordas santas

 

Sem destino, como a criança

Adormecida, os anjos respiram;

Castamente guardado

Em discretos botões,

O espírito floresce-lhes,

Eterno,

E os santos olhos

Vêem em silenciosa

E eterna claridade.

 

Nós, porém, fomos condenados a errar,

Sem descanso, p’la terra fora.

Ao acaso, de uma

Hora para a outra,

Os homens sofredores

Somem-se e caiem,

Como a água atirada de

Recife para recife,

Ano após ano, na incerteza

Hyperions Schicksalslied

Ihr wandelt droben im Licht
Auf weichem Boden, selige Genien!
Glänzende Götterlüfte
Rühren euch leicht,
Wie die Finger der Künstlerin
Heilige Saiten.

Schicksallos, wie der schlafende
Säugling, atmen die Himmlischen;
Keusch bewahrt
In bescheidener Knospe,
Blühet ewig
Ihnen der Geist,
Und die seligen Augen
Blicken in stiller
Ewiger Klarheit.

Doch uns ist gegeben,
Auf keiner Stätte zu ruhn,
Es schwinden, es fallen
Die leidenden Menschen
Blindlings von einer
Stunde zur andern,
Wie Wasser von Klippe
Zu Klippe geworfen,
Jahr lang ins Ungewisse hinab.

Friedrich Hölderlin

Nasce a 20 de Março de 1770 em Lauffen, junto ao rio Neckar e falece a 7 de Junho de 1843 em Tübingen. Durante todo o século XIX ficou praticamente esquecido. Friedrich Nietzsche, porém, tem por ele uma grande admiração . Chama-o o seu “ liebling Dichter.” É já em pleno século XX que a sua poesia é redescoberta e valorizada. Hoje, Hölderlin é considerado um dos maiores poetas líricos da poesia alemã e universal. A sua obra tem na literatura alemã do fim do século XVIII princípios do XIX uma posição autónoma ao lado do Romantismo e do Classicismo de Weimar ( Goethe, Schiller ), então em voga.

Em 1807, Hölderlin enlouquece para sempre. Nos próximos 36 anos, até à data da sua morte, a 7 de Junho de 1843 , Hölderlin vai ficar entregue aos cuidados de um dos seus grandes admiradores (e sua esposa), o carpinteiro Ernst Zimmers.

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano