::::::::::::Bruno Prado:::::::
LÍQUEN
Metamorfose e ruína

Você que lê palavras e acredita conhecer o autor:
— Uma criança de braços de fogo rasura a página;
O azul da voz enlouquece a corrente do oceano —
O dístico camufla a desordem — temperatura baixa;
Um virar de página e todas as implicações do papel:
A poesia — sintagma por fora — completamente dentro...

Poemas do livro "Líquen"

Bruno Prado – Poeta e jornalista paulistano, 26 anos. Atualmente trabalha com planejamento estratégico para uma consultoria. Publicou O Homem Invisível, na antologia (Vários autores) O Conto Brasileiro Hoje. São Paulo: RG Editores, 2005. Trabalha para a edição do Líquen, primeiro livro de poesia.
E-mail: brlopes@gmail.com
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano