ANTONIO MIRANDA
Poemas inéditos
Rodoviária do plano piloto

concluindo: voltar, recomeçar.
da janela do ônibus avisto o mar
mas não há mar algum aqui:
brasília
um mar, sim, em ondas
pelo planalto central
(quem sobreviver
verá)

hordas humanas fervilhando
na rodoviária — formigueiros no
cerrado; horizonte infinito

os brasis chegam de ônibus
— pedestres caminh
ando entre desconhecidos com
quem me identi
fico: domésticas
desempregados, meninos-de-rua

semáforos

de ônibus é que vamos ao Brasil

 

(Brasília, 21/3/2008)

Antonio Miranda. Poeta, escritor  e escultor,  já publicou romances, poesias em vários países. Em 1966, por decisão própria, exilou-se para viver intensamente um período de efervescente agitação cultural na América Latina. Sua criatividade foi reconhecida com prêmios pela crítica internacional (Medellin - Colômbia, San Juan de Puerto Rico). Miranda viveu e publicou em Buenos Aires, Caracas, Bogotá e Londres. Tu País Está Feliz, peça de teatro baseado em seus poemas e músicas foi estreada em 1971, foi representada em mais de 20 países. Página do autor: www.antoniomiranda.com.br

Entrada no TriploV: 24.11.2008
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano