powered by FreeFind

 

 




 


 

 














Foto: Martins Correia

Mais uma espécie para a fauna de Britiande que só descobri através do cadáver de um indivíduo! Mas desta vez n foi esborrachado por um carro, sim afogado no tanque da rega, e eu bem queria explicar a mim mesma como é possível que um animal subtrerrâneo, autêntica Talpa caeca Savi, quase cega, como aliás o nome caeca indica, que nunca sai de debaixo da terra, como é possível que um animal fuja do seu nicho ecológico, de dentro do seu labirinto de galerias subterrâneas, para se afogar, mas n sei explicar como foi. Posso imaginar, e a imaginação pode ser uma tolice, mas está bem, lá vai, e seja o que deus quiser: andaram a deitar veneno nas árvores para matar os insectos que destroem as laranjas, as maçãs, as peras, as nêsperas e tudo o mais. Então de certeza os insectos ficaram cheios de veneno e foram caçados assim pelas toupeiras, que os comeram e ficaram com muitas dores de barriga. Tão doentes que vieram abrir ou fechar tocas mesmo na base do tanque, como se vê na fotografia do fundo, sabe-se lá se para fugirem por essas portas. Não contente por vir cavar uma abertura tão à vista das pessoas, a toupeira que nos interessa trepou pela parede do tanque, e depois caiu à água. Depois de ter caído à água, já n foi capaz de sair dela, porque não via nada, pobrezita!

Eu gosto muito das toupeiras, elas revolvem a terra para construirem túneis e armadilhas e com isso arejam o solo arável e comem muitos insectos. Se têm fome, comem mesmo presas maiores, como sapos, rãs e ratinhos. Têm uma pele muito sedosa e macia, negra e brilhante, e um focinho muito comprido. Com as patas escavam o solo, são animais fossadores por isso mesmo, porque abrem fossas na terra. Vivem em locais variados, mas a Talpa caeca afogada no tanque vivia numa horta de couves com macieiras, em Britiande, e morreu no dia 4 de Maio de 2008. Tenho muita peninha dela, mas ainda bem que morreu afogada, de outra maneira n a teria visto nem tirado as fotos para mostrar a todos os leitores do TriploV, em especial brasileiros, que têm muito sagui, joão do barro e muita anaconda lá nos campos deles, mas se calhar nem sabiam que existem mamíferos cegos, Insectivora, da família Talpidae, que vivem debaixo da terra, chamados toupeiras.

Um exemplar de Talpa caeca afogado num tanque de rega, em cima. Em baixo, os característicos montículos de terra resultantes da abertura de galerias subterrâneas.
Britiande, 4 de Maio de 2008
Contact: miss.pimb@triplov.com

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano