powered by FreeFind

 

 




 


 

 














Foto: Martins Correia
MISS PIMB:
Um híbrido sensacional: o caracol que mia

Isto dos caracóis e caracoletas (Mollusca: Helicidae) tem muito que se lhe diga, e nem vou falar da helicicultura, só do que li no TriploV, pois antigamente havia quase nada de moluscos terrestres em Portugal, e então foram introduzidos pelos naturalistas, principalmente Augusto Nobre, que escreve vários catálogos, e num deles, dividido em folhetins, até deixa claro que fará a introdução no final da série de artigos, para se ir guiando pelas terras apontadas nos catálogos, mas isso deu-lhe água pela barba, porque ele não podia dizer onde tinha deixado os animais, se não os colegas iam lá apanhá-los e escrever artigos sobre novas espécies para Portugal e com isso faziam currículo para catedráticos e assim, e além disso não deixavam esses poucos indivídos porem ovos, reproduzirem-se bastante e tal, de modo a constituirem populações estáveis, que perdurassem pelos séculos dos séculos, amen, até verdadeiramente entrarem na lista das espécies existentes em Portugal, e isto se não sofressem entretanto umas mutaçõezitas, o que faria os animais distinguirem-se dos pais, a ponto de constituirem novas espécies para a ciência, o que é muito mais importante do que só espécies novas em dada localidade, vai daí, fez o que fazem todos os naturalistas nas circunstâncias: misturou as terras todas, e pôs Coimbra na Foz do Douro, inventou Rabeta em Monsanto e etc. & tal, uma salganhada medonha na geografia, como quem diz: espécies introduzidas não são daqui nem dali, são de onde os naturalistas quiserem, quem quiser pode ler esta e outras histórias, pesquisando no directório de Augusto Nobre: http://www.triplov.com/hist_fil_ciencia/augusto_nobre/index.htm

Um caracol (Helix sp.) em perigo de vida, a caminhar no muro de um jardim
O que eu achei de mais extraordinário no caracol que filmei no muro do jardim da avó não foi a sua lentidão vertiginosa, já toda a gente sabe que os caracóis são mais lentos ainda que as tartarugas, o que eu achei fenomenal, e deve ser ainda efeito das trapalhadas de Augusto Nobre, que foi cientista ilustre, e ainda hoje tem museu no Porto com o seu nome, além de ter sido ele quem promoveu a publicação dos poemas do mano, o António Nobre do "Só", o que eu achei inacreditável foi o resultado da hibridação do caracol com o gato, ou vice-versa, sim, porque só pode ser isso, apesar de os caracóis serem hermafroditas, repito que sensacional foi o resultado da obra de Augusto Nobre, ao hibridar moluscos Helicidae com mamíferos - e Carnivora ainda por cima! - resultado patente no meu vídeo, em que muito na perfeição, além de se verem mexer levemente os corninhos do caracol, se ouvem miados de gato!
Britiande, 16 de Maio de 2008
Contact: miss.pimb@triplov.com

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano