powered by FreeFind

 

 




 


 

 

MISS PIMB
As Rana iberica juvenis
Fotos e vídeo obtidos em Britiande (Portugal), entre 5 e 15 de Outubro de 2007

Eu hoje quero mostrar o meu primeiro vídeo, altamente científico, antes porém é preciso apresentar outros corpos de delito, se não começarem por ser um grande delito de identificação, pois eu acho que as bichinhas só podem ser Rana iberica, juvenis em vários estados pós-larvares e pós-girinos, mas se me disserem que não, que são Rana britiandensis ou guedesi, paciência, para alguma coisa serve a evolução, é mesmo para os animais evoluirem, e, depois de terem evoluído, é claro que deixam de ser o que eram para passarem a ser novos taxa, por isso é preciso dar-lhes novos nomes.

Foi nuns dias em que choveu bastante, a água estava clara no tanque da rega, e eu fiquei abismada a olhar para as pinhocas de ranitas empoleiradas umas em cima das outras numa pedra, eram mais de uma dúzia.
Depois choveu mesmo a sério e então a pedra ficou submersa, as rãzinhas já não podiam ficar ali empoleiradas, porque se afogavam, apesar de serem animais que vivem muito tempo na água, mas respiram por pulmões, cansam-se de boiar, e então não sei, mas acho que se afogam, ou se deixam levar pelos pássaros e outros predadores, só sei que elas dispersaram, começaram a ser cada vez menos, e agora só lá está uma, a que mostro no meu primeiro vídeo, prometo que vou melhorar, vou tirar o curso de Pinnacle Studio do Magno Urbano, mas já lhe disse: antes de eu tirar esse curso, V. precisa de fazer um curso de como se descarrega um Pinnacle mesmo legal versão trial ou outra sem defeito, com as keys decentes no lugar, ou então V. manda um crack, que olhe eu até quero comprar o programa, mas é um martírio, não abre os vídeos da Nikon, e deve ser por causa da merda desculpe das chaves e do passeport, estou tão enervada que até enrolo as palavras na língua, isto arrelia-me tanto que mandei desculpe a essa parte a caca da empresa que faz o programa, sim, de certeza he melhor que o Rwindows, e pus o vídeo em bruto no YouTube, é mesmo assim, os artistas de vanguarda apresentavam tudo em bruto, e isto para não falar da arte bruta, ainda há pouco vi os filmes ou vídeos que o Andy Wahrol ofereceu ao Museu de Arte Moderna de São Paulo, não é o MASP, é o MAM, que fica no Parque Ibirapuera, e até os primeiros filmes do Buñuel eram como o meu vídeo da Rana iberica (sem modéstia nem acento, pliz, isto é latim de raça pura por muito que as ranas sejam mestiças), e pronto, eis aí as minhas obras, inte, agora recolho a penates.

ERRATA

Boa tarde,

Este mail é dirigido à Miss Pimb e pretende alerta-la para alguns erros de identificação de herpetofauna. Em primeiro lugar os animais fotografados e filmado na secção As Rana iberica juvenis são na realidade Alytes obstetricans (aliás com o típico V invertido no dorso e tudo).

Na secção Sim, sim, eu vi: lagartos sem patas! o bicho que aparece na fotografia trata-se de um Anguis fragilis atropelado e nunca poderia tratar-se de uma muda de Chalcides striatus uma vez que este (como bem referiu) não são cobras e consequentemente não largam a pele de uma vez só mas sim aos bocados para além de que não se assemelha em nada a uma muda.

Parece-me que tem amor e dedicação por estes bichos (que são objecto de trabalho para mim há já 8 anos) e espero que não desanime com os meus comentários...

Cumprimentos,
Raquel Ribeiro


_ _ _ _ _ _ _ _
Raquel Ribeiro
Departament de Biologia Animal (Vertebrats) - Universitat de Barcelona
CIBIO - Universidade do Porto
(00351 252 660 411)

 

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano