Luiz Pacheco

Luiz Pacheco (ainda...) resiste

Entrevista de Guilherme Pereira

INDEX

Ainda resiste
Agonia do génio
Como é que ocupas aqui o tempo?
Cresceste numa família de militares...
E tu no Liceu Camões?
E a Contraponto?
Escreveste também na Seara Nova.
[Batem à porta do quarto, entra um homem]
Como é que era no Limoeiro?
Referes-te muitas vezes ao Café Gelo. Conta aí uma história.
O libertino passeia-se no lar.
 Foste um dos responsáveis pelo sucesso de O Que Diz Molero.
Opinião sobre o José Saramago, queres dar?
E a Admirável Droga?

Como é que ocupas aqui o tempo?

Eu estou quase cego. Quase não consigo ler, só com muita dificuldade... O facto de não ler é um grande prejuízo... também já li muito... Passeio pelo quarto de bengala, nos corredores do lar, para mexer as pernas. Não me atrevo a ir lá fora. Praticamente já não saio do quarto. Nem vou ao telefone. Há uns tempos, ali no jardim, senti-me mal disposto. Mandei vir uma sandes de fiambre e uma água das pedras. Avariei. Vomitei. O criado veio buscar duas raparigas aqui ao lar. Foram com uma cadeira de rodas. Custou-me um bocadinho de massa. Levava 20 euros. Paguei, fiquei com uns trocos, dei um montão de moedas ao criado para telefonar para o lar. Para que é que me interessavam as moedas se morresse? A minha ligação com o mundo, agora, é isto [aponta para um rádio Philips]. Oiço a Antena 1, o programa “O Prazer de Ler”, que passa às 13h 55m, repete às 21h 05m, é um programa da Isabel da Nóbrega. No Natal de 2002 deu a Comunidade. Está agora a dar A Cidade e as Serras. Às vezes também oiço a TSF, o fórum... Agora andam a chatear o Barroso por ir passear no iate. Por que é que não havia de ir? Já estão a inventar negócios malucos. Isso é inveja, é inveja, também queriam ir com o cu no barco... quando ele foi lá ao Brasil no fim-do-ano também ficaram invejosos... é preciso ter lata... o Santana Lopes era porque ia às discotecas...andava pendurado e muito bem com putas de Cascais... opá, não é fácil...

Nunca quiseste ser operado aos olhos?

Operado? Nem penses nisso. O que é que eu quero ver com 80 anos? Eu quando vou ali à sala, onde estão os velhos todos, tiro os óculos para ver tudo nublado, para não me ver ao espelho... Aquilo é um pavor! A Isabel da Nóbrega, o Artur Ramos e a Fernanda, cunhada do Manuel Alegre, queriam levar-me a Coimbra para ser operado às cataratas. Não quero. Eu é que sei. Isso é suicidário. Quando eu quiser morrer vou a Coimbra. Depois levaram-me a um oftalmologista na Av. da Liberdade. Diagnosticaram-me as cataratas. Tive que largar 1000 paus para umas gotas. Não servem de nada. Caem-me para o nariz. Já tenho o quarto todo  reduzido ao essencial... É uma experiência nova, não ver é uma experiência nova.

Com todas as tuas doenças, parece que está sempre às portas da morte e, no entanto, vais-te aguentando...

Opá, eu tenho asma desde os 3 meses de idade... Ainda me levavam a comida à boca e já ia para as Caldas da Rainha, com o meu pai, por causa da asma dele e minha. Íamos para uma casa particular e depois tínhamos senhas para ir ao hospital das Termas. A piscina ficava num subterrâneo, tinha cadeiras à volta, ficavam todos sentados de nariz espetado para apanhar os vapores... Num aspecto este quarto é óptimo: tem um pé direito muito alto, isto já não se faz, o que é muito bom para mim... durante a tarde, quando está muito calor, desço as persianas e abro os vidros para entrar ar. Quando estou mais aflito durmo aqui na cadeira... ou sentado na cama... para um asmático é a posição melhor para dormir... a gente habitua-se... há muitos anos que adormeço sempre sentado, há muitos anos que faço isso... adormeço sentado e depois a pouco e pouco vou descaindo... se quando descaio fico aflito torno a sentar-me... Agora tenho aqui uma bomba nova, Serevent, tomo 4 vezes ao dia. Evita-me o Ventilan, que me faz taquicardia. Esta nova tem-me feito bem... Tenho sempre duas, uma de reserva, porque se de repente fico sem bomba... E tomo, todos os dias, 2 comprimidos de Filotempo... opá, a asma não mata mas mói muito...se fosse só a p*** da asma, ainda vá. Tenho 23 doenças, é muita fruta, c******.

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano