Traduções de
NICOLAU SAIÃO

Rapsódia LATINA em tom maior

3. César Vallejo ( Santiago de Chuco, 1892 – Paris, 1938):
Os passos remotos

O meu pai dorme. O seu nobre semblante

é como um coração apaziguado;

está tão doce agora…

se há nele algo de amargo, serei eu.

 

Há solidão na casa; e reza-se;

e dos filhos não houve hoje notícias.

Meu pai acorda, considera

a fuga para o Egipto e um suspenso adeus.

Está agora tão perto;

se há nele algo distante, serei eu.

 

E minha mãe passeia além, na horta,

saboreando um sabor já sem sabor.

 

Está agora tão suave,

tão longínqua, tão amorosa e nítida.

 

Há solidão no lar sem reboliço,

sem notícias, sem verdes criancices.

E se há algo quebrado nesta tarde

que diminui e crepita

são dois velhos caminhos brancos, curvos.

 

Por eles vai a pé meu coração.

 

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano