Procurar textos
 
 

 

 

 







 
MÁRIO MONTAUT

 

 

"Porque a vida é delicada"... (eu fiz pela manhã esta canção)

 

Se a língua não degusta a chuva
E o ouvido não escuta a uva

Vem do mar
Vem do mar...a brisa

Intrigas de lençóis
Barulho nos faróis
A Terra só se abre com a brisa

Ninguém sabe onde pisa
Do que ri a Monalisa?
A Terra só se abala com a brisa

A língua não degusta a chuva
O ouvido não escuta a uva

Vem do mar
Vem do mar...a brisa

Suspense de bemóis
Nem queda d'água em sóis

A Terra só se abre com a brisa
Uma mulher falou
Do tempo em que deitou

Na Terra que se abria para a brisa
E ela me contou
De tudo que escutou

Na Terra que se abria para a brisa
Ninguém sabe onde pisa
De que ri a Monalisa?

A Terra só se abala com a brisa

   
(Mário Montaut)  

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano