Procurar textos
 
 

 

 

 







 
MÁRIO MONTAUT

 

 

 

 

Dor d'amarde-te.
 

"Esta é uma trova quase reggae inocentando Nero do incêndio em Roma visitada pelo nosso Amor Louco, querida. Você deve se lembrar do quanto nos divertimos naquele fogo. E do riso, do riso das cúmplices crianças."

Tamanho fogo em Roma!

alguém sabe quem foi?

culparam Nero...(risos)

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

te dói me ama sei que arde

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

nos dói te amo sei que arde

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

dor d'amarde-te

tudo junto, amor

ardência,

dor,

e o Fogo em nós;

e Roma? (risos)

 
(Mário Montaut)
   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano