Procurar textos
 
 

 

 

 

 







 

 

MÁRIO MONTAUT
LAMA DO BUDISMO, ou: FODAM-SE OS DALAIS

Lá vem o Budismo com suas falsas pregações;

Querendo botar velhos e velhas

pra lavarem roupas e almas

encardidas na mesmíssima água imunda do velho rio;

A pretexto de flores, nirvanas e reencarnações;

E também noções de amor ao próximo;

Bestas religiosas;

Pré-capitalistas de eras ainda mais velhas,

Que as velhustas almas lavando-se ao rio

envenenado do humano;

Empreendedores do ouro;

Com línguas espiritualíssimas;

Realizem o Templo;

Reluzente, fresco, verde, dourado, bastante amplo;

Ali ficarei a sonhar;

Longe de quaisquer ambições da "Transcendência";

Sem ruminar riquezas outras que a única que tenho:

O Sonho- Supremo Luxo;

A alma, filtrando pela carne, a quintessência da matéria;

Numa Terra inconcebível às metafísicas de Budotário;

Sonho eu,

O Extraordinário.

(Mário Montaut)

 
MÁRIO MONTAUT é brasileiro, paulistano, de ascendência italiana, espanhola, indígena, moura, francesa e outras. Desenvolve uma sequência de composições que vêm à luz, já em dois trabalhos: "Bela Humana Raça", Dabliú, 1999, e "Mário Montaut: Samba De Alvrakélia", a sair nos próximos dias pelo selo MBBmusic. São muitos anos de vivências artísticas, num panorama que inclui Dorival Caymmi, René Magritte, Manoel De Barros, João Cabral De Melo Neto, Borges, Chico, Caetano, Gil, Dalí, Fellini, Buñuel, Webern, Cartola, Breton, Blavatsky e muitos amores mais, indispensáveis à sua criação, que abarca, além das canções, poemas, textos, roteiros e outras coisas interessantes. Mário Montaut é basicamente um parceiro de todos os seus contemporâneos e ascendentes, humanos ou não, saibam eles ou não. Índios, Negros, Europeus, Sem-terra, Brisas, Baleias, Maremotos, Chuvas, Livros, Discos, Beijos e Trovões Em Todas As Roseiras. Atualmente grava um disco de parcerias suas com o poeta Floriano Martins, onde a talentosíssima intérprete Ana Lee canta grande parte do repertório. Mário Montaut é um pouco de tudo isso. E muito mais, com certeza, pode ser descoberto em seus discos lançados, em suas tantas canções já gravadas, poemas, textos, e múltiplos achados.    
 
   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano