::::::::::::::::::::Érico Veríssimo:::
NO CENTENÁRIO DE ERICO VERÍSSIMO

No centenário

Imagens do escritor

Antologia de textos

No centenário

Eu queria fazer um livro não da vida como ela é, mas como eu queria que ela fosse. Um livro para a gente pegar e ler quando quisesse esquecer a vida real... Eu entendo a Arte como sendo uma errata da vida. A página tal, onde se lê isto, leia-se aquilo...

Erico Verissimo, em "Um Lugar ao Sol".

A vida e obra de Erico Verissimo - mundialmente conhecido por retratar com fidelidade a maneira de ser, pensar e sentir do brasileiro do Extremo Sul do Brasil - vão inspirar um roteiro de eventos culturais que se estenderá ao longo de 2005, quando o mais importante escritor do Rio Grande do Sul completaria cem anos.

A homenagem, consagrada como o "Ano do Centenário de Erico Verissimo", foi instituída pelo Governo do Estado, com o Decreto n. º 43.288, de 11 de agosto de 2004, e mobiliza diversas áreas da administração pública e universidades para uma programação que tem como propósito fazer com que os gaúchos conheçam um pouco mais de si mesmos através das idéias de um homem que conhecia seu povo.

"Quem ainda não leu Erico (Verissimo) será estimulado a fazê-lo, e quem já o leu terá motivação para resgatar um pouco mais do que ele foi para o Rio Grande e para o Brasil", afirma o governador Germano Rigotto. Os personagens de Erico Verissimo, na concepção do governador, são "essencialmente gaúchos e identificados com a história rio-grandense", o que justifica ainda mais a distinção ao escritor, nascido em Cruz Alta.

Rigotto pretende que a iniciativa de prestigiar autores locais sirva de apoio e incentivo ao hábito da leitura.

A tarefa de aproximar leitores gaúchos e a história de Erico Verissimo e de seus personagens - revelados em obras como a trilogia "O Tempo e o Vento": "O Continente", "O Retrato" e "O Arquipélago" - foi confiada à Comissão Oficial do Centenário. A idéia é projetar o Rio Grande do Sul de acordo com as políticas de desenvolvimento que a administração estadual vem desenvolvendo, num esforço de mostrar o que é, de fato, o Rio Grande do Sul.

A comissão organizadora do "Ano do Centenário de Erico Verissimo" é presidida por Germano Rigotto e pelo vice-governador Antonio Hohlfeldt, pelos secretários da Cultura, Roque Jacoby, e da Educação, José Fortunati, pela diretora-presidente do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Nicéa Brasil, pela diretora do Instituto Estadual do Livro, Regina Zilbermann, e por representantes da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), da PUC-RS e da Universidade de Cruz Alta (Unicruz).

Fonte: http://www.estado.rs.gov.br/
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano