Américo Correia de Oliveira
(ESELeiria/Instituto Camões/Universidade A. Neto)
A LITERATURA ANGOLANA DE TRADIÇÃO ORAL
E A SUA RECOLHA: HISTÓRIA BREVE E TEORIA

1. Introdução

2. Algumas tipologias da literatura angolana de tradição oral

3. Historial da edição do acervo da literatura angolana
de tradição oral

ANEXO I - "FOLCLORE ANGOLANO"

ANEXO II. “HISTORIAL PROVISÓRIO DA EDIÇÃO DO ACERVO DA LITERATURA ANGOLANA DE TRADIÇÃO ORAL”

ANEXO III - MAPA DOS GRUPOS ETNOLINGUÍSTICOS
DE ANGOLA

BIBLIOGRAFIA

 
BIBLIOGRAFIA*

AGUESSY, Honorat (1985:44-54) . “Tradition - orale modèle de culture”. InCOLLOQUE (1985).

ALTUNA, Raul R. de A. (195) . Cultura tradicional Banto. Luanda: Secretariado Arquidiocesano de Pastoral.

ARAÚJO, Lino de (1904a):263-70) . “Adágios africanos”. Revista Portugueza Colonial e Maritima, n.º 84 - 7.º ano - 20 Setembro de 1904 - 14.º vol.. (“Extrahidos de um jornal de Loanda, O Futuro de Angola, n.º 90 e seguintes de 1888”, p. 263).

ARAÚJO, Lino de (1904b):263) . “Adágios africanos”. Revista Portugueza Colonial e Maritima, n.º 85 - 8.º ano - Outubro de 1904 - 15.º vol.:13-16. [“Extrahidos de um jornal de Loanda, O Futuro de Angola, n.º 90 e seguintes de 1888”, in ARAÚJO, Lino de (1904a)].

BARBOSA, Adriano C. (1990). Angola imagens e mensagens contos tradicionais. Santo Tirso: Mosteiro de Singeverga, Ed. Ora & Labora.

BULL, Benjamim Pinto (1989) . O crioulo da Guiné-Bissau: filosofia e sabedoria. Lisboa: ICALP/ME/INEP.

CACUEJI, J. Samuila (1987) . Viximo (Oratura Luvale) contos adivinhas vozes de animais (Luvale/Português). Lisboa: União de Escritores Angolanos/Ed. 70.

CHATELAIN, Heli (1888/89) . Kimbundu Grammar. Grammatica elementar do Kimbundu ou língua de Angola. Genebra: Typ. de Charles Schuchardt.

CHATELAIN, Héli (1964) . Contos populares de Angola, edição bilingue. (trad. Maria Garcia da Silva do texto original “Folk-Tales of Angola (Fifty Tales, With Ki-mbundu Text Literal English Translation Introduction, And Notes) Collected and edited by Heli Chatelain, Late U.S. Commercial Agent at Loanda, West Africa, Boston and New York, Published for the American Folk-Lore Society by GE. Stechert & Co., 1894”). Lisboa: Agência - Geral do Ultramar.

COLLOQUE (1985) . La tradition orale source de la littérature contemporaine en Afrique. Colloque Internacional organisé par l´ICA e le PEN International avec le concours du PNUD e de l´UNESCO, à Dakar (Sénégal) du 24 au 29 Janvier 1983, Institut Culturel Africain - ICA, Les Nouvelles Éditions Africaines, Dakar - Abidjan - Lomé.

ESTERMANN, Carlos (1960a)) . Etnografia do Sudoeste de Angola. Os povos não- -Bantos e o Grupo Étnico dos Ambós, I vol. (2.ª ed. corr.). Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, Memórias Série Antropológica e Etnológica n.º 4.

ESTERMANN, Carlos (1960b)). Etnografia do Sudoeste de Angola. Grupo Nhaneca- -Humbe, II vol., 2.ª ed. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, Memórias, Série Antropológica e Etnológica n.º 5.

ESTERMANN, Carlos (1961) . Etnografia do Sudoeste de Angola. O Grupo Étnico Herero, III vol. Lisboa: Memória da Junta de Investigações do Ultramar, N.º 30.

ESTERMANN, Carlos (1969) . “Prefácio”, in VAZ, J. Martins [1969 (I vol.):12].

ESTERMANN, Carlos (1983) . Etnografia de Angola (Sudoeste e Centro). Colectânea de artigos dispersos, 2 vol.s (colig. Geraldes Pereira e apres. Manuel Viegas Guerreiro). Lisboa: Instituto de Investigação Científica e Tropical.

ESTERMANN, Carlos; SILVA, A. Joaquim da (col.) (1971) . Cinquenta contos Bantos do Sudoeste de Angola. Luanda: Col. Memórias e Trabalhos do Instituto de Investigação Científica de Angola (IICA).

FINNEGAN, Ruth (1970) . Oral literature in Africa, Ely House. London: Oxford University Press.

FONSECA, António (1984) . Sobre os Kikongos de Angola. Lisboa: Col. Estudos/Autores Angolanos - 8, Edições 70.

GUERREIRO, M. Viegas (1966) . Os Macondes de Moçambique 4, sabedoria língua literatura e jogos. Lisboa: Centro de Estudos de Antropologia Cultural.

GUERREIRO, M. Viegas (1968) . Bochimanes !KHŨde Angola. Lisboa: IICA/JIU.

HAUENSTEIN, Alfred (1976) . Fables et contes angolais. Bonn: Sankt Augustin, Anthropos Institut.

JUNOD, Henrique-Alexandre (1996) . Usos e costumes dos Bantu, Tomo I e II, Maputo: Arquivo Histórico de Moçambique (Documentos 3).

KAKUEJI, J. Samuila (2) (1989) . Viximo II. Contos de oratura luvale (em Luvale e Português). Porto: União de Escritores Angolanos/Ed. Asa.

LOPES, Óscar (1972) . Modo de ler. crítica e interpretação literária 2. Porto: Ed. Inova.

MAIA, António da Silva (1964). Dicionário complementar Português-Kimbundu-Kikongo. Cucujães: Edição do autor (Depositária Editorial Missões-Cucujães).

MARTINS, João Vicente & SICARD, H. (1971) . Museu do Dundo. Subsídios para a história, arqueologia e etnografia dos povos da Lunda - Contos Quiocos. Lisboa: Companhia dos Diamantes de Angola (DIAMANG)/Serviços Culturais/Dundo-Lunda-Angola.

MILHEIROS, Mário, S. (1967) . Notas de etnografia angolana, 2.ª ed. (1.ª ed., 1951) corr. e aum. Luanda: Instituto de Investigação Científica de Angola.

MOSER, Gerald M. (selecção) (1993) . Almanach de lembranças 1854 -1932. Linda-a- -Velha: Edições ALAC.

MOSER, Gerald; Manuel FERREIRA (1993) . A new bibliography of the lusophone literatures of Africa/Nova bibliografia das literaturas africanas de expressão portuguesa, 2nd completely revised and expanded edition/2.ª edição completamente revista, refundida e actualizada. Hans Zell Publishers, London. Melbourn. Munich. New Jersey.

NTONDO, Zavoni (1989) . “Situação actual da literatura angolana: o caso da comunidade etnocultural Kongo”. Mensagem 2, Festival Nacional de Cultura, Setembro 1989:35-45.

OKPEWHO, Isidore (1992) . African oral literature. (Backgrounds, character, and continuity). Bloomington and Indianapolis: Indiana University Press.

PEPETELA (1990) . “Entrevista”. Jornal de Letras, 1990.10.02.

REDINHA, José, P. D. (1975a)) . Distribuição étnica de Angola, 9.ª edição. Luanda: Fundo do Turismo e Publicidade.

RIBAS, Óscar (1962) . Misoso - Literatura tradicional angolana. 2.º vol. Luanda: Tipografia Angolana.

RIBAS, Óscar (1964a)). Misoso - Literatura tradicional angolana. 3.º vol. Luanda: Tipografia Angolana.

RIBAS, Óscar (1979) . Misoso - Literatura tradicional angolana, 1.º vol., 2.ª ed. (1.ª ed., 1961). Luanda: I.N. - U.E.E.

SILVA, António Joaquim da (1966) . Dicionário de Português-Nhaneka. Lisboa: Instituto de Investigação Científica de Angola (IICA).

SILVA, António Joaquim da (1989) . Provérbios em Nyaneka . Lisboa : Serviço da Cáritas Portuguesa.

THISSEN, Leonardo (1960) . “Alguns elementos da literatura oral dos Basuku”. Portugal em África, vol. 17, n.º 99 1960:176-185.

VALENTE, José Francico (1973) . Paisagem africana (Uma tribo angolana no seu fabulário). Luanda: (IICA).

VANSINA, Jan (1966?) . La tradición oral. Barcelona: Editorial Labor.

VANSINA, Jan (1982) . “A tradição oral e a sua metodologia, in KI-ZERBO, J. (dir.) (1982:157-218) História Geral de África I. Metodologia e Pré-História de África. S. Paulo: Ed. Ática/UNESCO.

VAZ, José Martins (1969) . Filosofia tradicional dos Cabindas, através dos seus testos de panela, provérbios, adivinhas e fábulas, 1.º vol., Lisboa: Agência Geral do Ultramar.

VAZ, José Martins (1970a)) . Filosofia tradicional dos Cabindas, através dos seus testos de panela, provérbios, adivinhas e fábulas, 2.º vol., Lisboa: Agência Geral do Ultramar.

VICTOR, Bessa (1975) . Ensaio crítico sobre a primeira colecção de provérbios angolanos. Lisboa: Editorial Enciclopédia.

 

(1) Obs.: A datação das obras bibliográficas corresponde à edição consultada.

(2) J. Samuila KAKUEJI e J. Samuila CACUEJI (vide, supra) são denominações do mesmo autor, respeitantes a diferentes obras. Utilizaremos, ao longo do nosso trabalho, ambas as grafias datadas, para evitar equívocos.

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano