TITO IGLESIAS

ANTES QUE DO DESCONHECIDO SURJA
A INEVITÁVEL AVE DE RAPINA...
Tito Iglesias
Lisboa, Edições Vela Branca, 2008

INDEX

BREVE AUTO-RETRATO, COM UMA DESCOBERTA SOBRE
A VERACIDADE DE ALGUMAS RIMAS

Para Isabel Azevedo e Renaud Heyuaert,
magníficos amigos longínquos

De um quartzo sou proprietário.
E eu, que alugo o meu quarto,
sinto-me latifundiário...

Feliz sou com o meu quartzo,
tão friamente hialino,
que nunca mente ou atraiçoa,
nem é prepotente ou cretino...

Exagero, nos meus actos?
Celebro-o, como lago dos cisnes,
se enxergo um tanque com patos!...

Em poesia, magnas descobertas:
pode aresta não condizer com floresta,
mas pateta... rima sempre com poeta!

 p. 131

Tito Iglesias
Poeta em Português de nacionalidade espanhola, residente em Paço d'Arcos (Lisboa), de teor surrealista, com larga vivência no Brasil. Membro da Academia Brasiliense de Letras.

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano