MARCO AQUEIVA::::..........:

VALISES

A modelo, a valise e o pintor

Pego I e Pego II

Da religiosidade

Uma valise entre o mortal e o herói olímpico

Uma valise para Lourenço Diaféria

Macabéa mal cabe na valise?

Valise do eterno marear

Da religiosidade

Abramos a valise

Nela desorganizadamente

a carteira de identificação

imponderável ao destino

um lenço que desliza

como estes olhos severos

um pente e uns cabelos a mais

preenchendo melhor o espelhinho

e a marca de batom carmim

no chiclé ainda fresco dos dentes

Pulam dela as linhas férreas

e a febre incompreensível ardente

do arado nos pregões da Bolsa

um senso de irrealidade

Pulam dela, ainda, a música do fundo

um recomeço que se perde

do trampolim mais alto

mares - mares onde viver além das pedras

e do mesmo endereço

: um lenço desliza sem despedidas

 

Marco Aqueiva, poeta, autor de Neste embrulho de nós (Scortecci, 2005), vencedor do III Prêmio Literário Livraria Asabeça, é professor de literaturas brasileira e portuguesa no ensino superior. É o idealizador, editor e administrador do Projeto Valise 2008 no endereço http://aqueiva.wordpress.com/

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano