HELENA FIGUEIREDO:
AO SABOR DA PELE

PROSAS

Renascer
Doce infância
A menina de negro
Êxodo
Cegueira

POEMAS

Atípico
Liberdade
Leva-me contigo, pastor
Enleio
Tentação
Ninguém
Tabu
Poema sentido
Um dia sem ti
Vendaval

LEVA-ME CONTIGO

Leva-me contigo pastor.
Escolhe o trilho da montanha,
Aquele, ladeado de madressilvas e malmequeres.
Leva a tua flauta,
Para me enfeitiçares antes da lua.
Tomarei em meus braços os cordeiros ,
E levarei as ovelhas ao regato mais cristalino.
Repara na mansidão dos animais,
Na sua macia lã, quais novelos de neve.
Anseio despir para ti a camisa prometida.
Desçamos a vereda à procura da sombra.
Enquanto a sesta se faz,
Deixa-me deitar na tua capa,
E enrosca-te a mim como a natureza.
Voltaremos ao entardecer,
Quando os cheiros são mais fortes
E se confundem com desejos.

Helena Figueiredo nasceu em 9 de Março de 1959, numa pequena aldeia do concelho de Carregal do Sal, distrito de Viseu. É licenciada em Educação de Infância, e desde os 21 anos que trabalha com crianças entre os 3 e os 6 anos. Entre 2003 e 2006 prestou assessoria ao Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal.
Entrada no TriploV: Abril de 2008
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano