REGISTRADO NA
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE
AUTORES TEATRAIS

___

CUNHA DE LEIRADELLA
Casa das Leiras
São Paio de Brunhais
4830-046 - Póvoa de Lanhoso
Portugal
Telefone: 253.943.773



CUNHA DE LEIRADELLA

CENA V

SALOMÉ

Judas. Judas.

JUDAS

Pára. Pára.

SALOMÉ

Judas, olha para mim.

JUDAS (Tirando as mãos do rosto)

Pára!

O canhão de luz apaga e a música termina. Salomé fica imóvel, iluminada pelo luar.

SALOMÉ

Por que não voltaste? Eu era tua, lembras-te?

JUDAS

Prometi a mim mesmo tantas coisas... (Senta-se no chão) E não cumpri nenhuma delas. E tinha todas as certezas.

Salomé senta-se e coloca a cabeça de Judas no regaço.

SALOMÉ

Viver não é só ser ou não ser, Judas. É poder ser. Eu ainda sou uma idumeia, mas tu já não és mais um judeu.

Judas levanta-se e vai para o fundo. A luz baixa em resistência até a cena ficar em completa escuridão. Um canhão de luz ilumina Judas, parado no fundo.

JUDAS

Agora é tarde, Shelomit. Um homem nunca é nada ele sozinho. Nem livre, nem verdadeiro.

APAGA A LUZ

 

JUDAS-INDEX



 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano