REGISTRADO NA
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE
AUTORES TEATRAIS

___

CUNHA DE LEIRADELLA
Casa das Leiras
São Paio de Brunhais
4830-046 - Póvoa de Lanhoso
Portugal
Telefone: 253.943.773



CUNHA DE LEIRADELLA

CENA IV

SACERDOTE

Que te parece, senhor? Não te parece que a hora se aproxima? Caifás não acreditará, nunca, que pretendas abandoná-lo. Quem pode prever os movimentos das multidões?

ANÁS

Pelo menos, ficaram bem claros os desígnios do Senhor. Esse homem será o instrumento.

A luz baixa na Casa de Anás e sobe no Quarto de Salomé. Uma Escrava introduz Judas e sai.

SALOMÉ

Que me queres?

JUDAS

Foste tu que me chamaste.

SALOMÉ

Por que vieste, então, se nada queres?

JUDAS

Não me mandaste chamar?

SALOMÉ

Vi como me olhaste no banquete. Quase não tocaste.

JUDAS

E tu quase não comeste.

SALOMÉ

Não tinha fome.

JUDAS

E eu não tinha vontade de tocar.

SALOMÉ

Um escravo não tem vontade.

JUDAS

Uma princesa também não chama escravos ao seu quarto.

SALOMÉ

Meu tio tem razão. Ele diz que és filósofo.

JUDAS

O meu serviço é tocar nos banquetes.

SALOMÉ

Por que me olhavas, então?

JUDAS

E tu por que me chamaste?

SALOMÉ

Quero saber quem és.

JUDAS

Já o sabes. Sou um flautista contratado pelo Intendente de teu tio.

SALOMÉ

É verdade que te chamas Iehudah bar-Shimeon e és de Keriot?

JUDAS

É verdade.

SALOMÉ

Que vieste fazer a Tiberíades?

JUDAS

Há flores nos vales e nas montanhas da Galileia.

SALOMÉ

Em Keriot não há flores?

JUDAS

Não.

SALOMÉ

Por que me olhavas no banquete? Nunca nenhum músico se atreveu a desejar-me.

JUDAS

Nas terras por onde andei não havia princesas. Só mulheres.

SALOMÉ

E se eu me tornar uma mulher?

A luz baixa no Quatro de Salomé e sobe na Casa de Antíoco, anfitrião de Herodes Antipas em Jerusalém. Herodes e Herodias.

 
 

JUDAS-INDEX



 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano