CUNHA DE LEIRADELLA

A SOLIDÃO DA VERDADE

ROMANCE

 

 

para XANA

 

É preciso escrever o mais possível como se fala,
e não falar demais como se escreve.
Charles-Augustin Sainte-Beuve (1804-1869)

A vida da gente é muito estranha.
Ou a gente faz e se arrepende, ou
a gente não faz e se arrepende
do mesmo jeito.
Andréa Marcondes Campanella

O mal do ser humano não é só viver sabendo
que vai morrer. É viver sempre dividido em
todos os seres humanos que gostaria
de ser e não dividir-se, apenas,
naqueles que pode ser.
Eduardo da Cunha Júnior

 

Que é a verdade?
João, 18.38

A verdade é filha do tempo.
Aulo Gélio

A verdade é tudo aquilo que produz a totalidade.
Karl Jaspers

A verdade é só o momento que passa.
Eduardo da Cunha Júnior

INDEX

I PARTE - A VERDADE
II PARTE - A SOLIDÃO

Um....Dois....Três....Quatro....Cinco....Seis....Sete....Oito....Nove....Dez

Onze....Doze....Treze....Catorze....Quinze....Dezasseis....Dezassete....

Dezoito....Dezanove....Vinte

Vinte e um.... Vinte e dois.... Vinte e três....Vinte e quatro

Vinte e cinco.... Vinte e seis....Vinte e sete....Vinte e oito...

Vinte e nove

III PARTE - A SOLIDÃO DA VERDADE

Trinta....Trinta e um....Trinta e dois....Trinta e três....

Trinta e quatro....Trinta e cinco....Trinta e seis

 
 

Cunha de Leiradella
Casa das Leiras
São Paio de Brunhais
4830-046 - Póvoa de Lanhoso
Portugal
Telefone: 253.943.773
E-mail: leiradella@sapo.pt

 
 

 

 

 

.

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano