Procurar textos
 
 

 

 







ISABEL CRUZ
DIR. CICTSUL

A QUÍMICA, A INDÚSTRIA QUÍMICA
E O SEU ENSINO EM PORTUGAL (1887 - 1907):
O CASO DE ALFREDO DA SILVA

..

 

..
ANEXO IV - a
IICL: PROGRAMA DA 26.ª CADEIRA

I

A) MATÉRIAS PRIMAS

 

Definições e classificações.

Estudo individual e comparado das principais matérias primas de origem mineral e orgânica, suas sortes comerciais, caracteres distintivos destas.

Falsificações e sofisticações, meios de as reconhecer.

Emprego industrial das matérias primas estudadas, meios de apreciar o seu valor tecnológico absoluto e relativo.

Ensaios e análises tecnológicas.

B) MERCADORIAS

Estudo especial dos produtos e artefactos industriais sob o ponto de vista mercantil, suas espécies e qualidades, meios de as reconhecer.

História e condições comerciais do maior número possível de mercadorias.

Estudo das estatísticas; modo de se servir delas, indicações que fornecem ao comércio.

Ensaios e análises comerciais.

.

ANEXO IV - a
IICL: PROGRAMA DA 26.ª CADEIRA (CONT.)

..

II

A) ALFÂNDEGAS

História e afins.

Impostos cobrados pelas alfândegas.

Organização das alfândegas em Portugal.

Despachos e depósitos - Regime geral e regime especial.

Conselho superior das alfândegas e tribunais do contencioso fiscal, suas atribuições e competências.

Contrabando, descaminho e transgressões, legislação concernente.

Navios nacionais e estrangeiros, diferenças de tratamento, obrigações dos capitães perante as alfândegas.

Impostos sobre a navegação.

Cabotagem.

Escrituração aduaneira (no escritório).

B) PAUTAS DAS ALFÂNDEGAS

Requisitos a que em geral devem satisfazer as pautas aduaneiras e em especial as do nosso país.

Classificação e tributação das mercadorias nas nossas pautas.

Estudo crítico fiscal e tecnológico das principais mercadorias que entram no nosso consumo - Processos de verificação aduaneira.

Tratados de comércio e navegação com Portugal, crítica destes tratados e dos diversos regimes aduaneiros que entre nós têm existido, sua influência sobre o nosso comércio interior e exterior.

Ensaios e análises aduaneiras - Prática de verificações - Resolução de problemas ou hipóteses de especulação comercial.

Programas das cadeiras aprovados por portaria de 22 de Agosto de 1888. Ano lectivo de 1888-1889 . Lisboa, Imprensa Nacional

[ Em vigor em 1888/89, 1889/90, 1890/91]

..

ANEXO IV - b
IICL - 26.ª CADEIRA : PROGRAMA DO ENSINO PRÁTICO
..

"Incinerações. Preparação das cinzas pelo método ordinário e pelos processos de Strecker e de Schulze. Análise quantitativa das cinzas da cerveja, vinho, pão, papel e melaço. Preparação das fibras do algodão, linho, cânhamo, phormium tenax, juta, ortiga da China, pita, seda crua e seda branqueada; e exame microscópico da sua estrutura.

Preparação e exame micrográfico dos córtes transversais de diversas fibras têxteis. Reconhecimento das fibras minerais. Reacções e experiências pelas quais se distinguem as fibras têxteis vegetais das fibras têxteis animais.

Distinção e classificação das principais fibras têxteis, liberianas, não liberianas e lenhificadas, por meio das reacções microquímicas de Vétillart.

Acções sobre as fibras têxteis vegetais e animais, e reacções características da glicerina; cloreto de cálcio; ácidos azótico, sulfúrico e clorídrico; potassa e soda caústica; amónia; cloro; sulfito de sódio; sulfato de anilina; nitrato de mercúrio; cloreto de zinco e matérias corantes da anilina.

Análise física de um tecido: determinação da sua espessura pelo parafuso micrométrico e do número de fios da trama e da urdidura por meio do conta-fios ordinário. Análise qualitativa dos tecidos. Análise quantitativa de um tecido. Dosagem da humidade e da lã, da seda, do algodão e das matérias tinturiais pelo processo Rémont.

Dosagem do ácido tânico de uma casca tanante pelos processos de Mittenzwei e de Löuwenthal modificado por Neubauer. Preparação e graduação dos licores empregues nestes processos.

Determinação da riqueza alcoólica de um líquido pelo alambique de Salleron; vinómetro de Delaunay; liquómetro de Musculus, Walson e Garceri; ebuliscópios de Salleron e de Malligand; alcoómetros de Cartier, de Gay-Lussac, de Tralles e de Beck; e pelo hidrómetro de Sikes.

...

ANEXO IV - b
IICL - 26.ª CADEIRA : PROGRAMA DO ENSINO PRÁTICO (CONT.)

..

Dosagem directa de um extracto de vinho e sua determinação pelo oenobarómetro de Houdart.

Determinação da densidade de diversos líquidos e sólidos (álcool, petróleo, açúcar, etc.) por meio do picnómetro, dos areómetros, do densímetro de Billaut e da balança de Westphal-Mohr.

Determinação do poder descorante do carvão animal pelo colorímetro de Houton-Labillardière e pelo de Laurent.

Análise química quantitativa dos açúcares; dosagem da água, das cinzas, da glucose e da sacarose pelo processo Soxhlet.

Dedução, pela análise quantitativa, do rendimento líquido ou valor comercial de um açúcar bruto."

..

PEGADO, Luís da Mota (1891) - Relatório sobre o Instituto Industrial e Comercial de Lisboa; Ano lectivo de 1889 - 1890. Lisboa, Imprensa Nacional

..

 
   
   

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano