Chronica do senhor rei D. Pedro I oitavo rei de Portugal
*CAPITULO XXXVI*   _Como o conde Dom Henrique entrou por Castella com muitas companhas, e foi alçado por rei; e como el-rei Dom Pedro mandou desamparar todos os logares que em Aragão tinha filhados_. 

Monvedro ganhado por el-rei de Aragão, foi-se para Barcelona, e vieram alli alguns capitães das companhias por que elle mandava, e firmaram com elle de ser alli no fevereiro seguinte, para entrar em Castella com o conde Dom Henrique. El-rei Dom Pedro soube d'isto parte e foi-se a Burgos, onde mandára juntar suas gentes. Entanto aquelle e os capitães das companhias, eram juntos, e partiram de Saragoça para entrar em Castella.  

E vinham ahi capitães de Aragão, a saber, o conde de Denia, e Dom Filippe de Castro, e outros cavalleiros; e de França, Mosse Beltrão de Claquin, e o conde das Marchas, e o sr. de Bain, e o marechal de Andemar, marechal de França, e outros cavalleiros. E de Inglaterra, Mosse Boitro de Carvabai, Mosse Estacio, e Mosse Martim de Gorimai, e Mosse Guilhem Allinante, e Mosse João de Obrens, e muitos outros cavalleiros e homens de armas de Inglaterra, e de Guiana, e de Gasconha, e d'outras nações.  

E chegaram todos á viila de Alfaro, e não curaram d'ella, e foram outro dia a Calahorra, cidade não forte, e preitejaram-se os do logar com o conde, e acolheram-no dentro com aquellas gentes, as quaes alli foram certificadas como el-rei Dom Pedro estava em Burgos, e que não havia vontade de pelejar com elles. E houveram accordo, dizendo ao conde Dom Henrique que pois tanta boa gente era contente de o aguardar em esta cavalgada, que se chamasse rei de Castella.  

E elle, á primeira, começou-se de escusar de o fazer; dês-ahi, como é doce cousa reinar, antes de muitas palavras outorgou que lhe prazia, e foi alçado então por rei: e pediram-lhe, os que com elle vinham, grandes mercês e officios no reino, e elle mui de grado lhe outorgava tudo, dando o que ganhado tinha, e promettendo o que era por ganhar; cá em tal tempo assim lhe cumpria de o fazer. E foi isto no anno de mil e quatrocentos e quatro.

Partiu d'alli el-rei Dom Henrique caminho de Burgos, onde era el-rei Dom Pedro, e chegou a Navarrete, o qual se lhe deu nem ousando de esperar combate, e foi combatida Briviesca, e tomou-a.  

El-rei Dom Pedro, sabendo tudo isto, sabbado de Ramos, bem pela manhã, mandou matar João Fernandez de Tovar, por queixume que houve de seu irmão, e, sem dizer cousa nenhuma aos seus, cavalgou por se partir logo. E vieram a elle os maiores da cidade, dizendo que os não deixasse, cá o conde era oito leguas d'alli: e não prestando nenhuma cousa suas razões, quitou-lhe a menagem, e partiu-se logo, e foram com elle alguns cavalleiros, e seiscentos mouros de cavallo, que andavam na guerra em sua ajuda, que lhe dava el-rei de Granada. E muitos dos seus ficaram em Burgos, a que prazia de tudo isto, e quem se d'elle partia não ousava de tornar mais a elle.

E aquelle dia que el-rei d'alli partiu, mandou suas cartas a todos os que por elle tinham as fortalezas que em Aragão ganhara, que as desamparassem, e destruissem se pudessem, e se viessem para elle. E elles fizeram-no assim, mas muitos d'elles se foram para el-rei Dom Henrique, e aqui cessou então de todo a guerra de Aragão, a qual ia em onze annos que durava.

Certamente perdera-se o reino de Aragão todo, se fortuna tão cedo não abreviara os annos da vida d'este rei Dom Pedro, cá onze vezes que elle em Aragão fez entrada, ganhou cincoenta e dois logares aqui contidos, afóra outros muitos que aqui não são nomeados. E chegou el-rei Dom Pedro a Toledo, e poz recado na cidade, e d'ahi partiu para Sevilha.  

Os de Burgos, vendo que se não poderiam defender de el-rei Dom Henrique, mandaram-lhe seus recados e receberam-no na cidade, e coroou-se alli por rei, e vieram a elle muitos procuradores das villas e cidades do reino, e receberam-no por senhor, em guisa que do dia da coroação a vinte e cinco dias, foi todo o reino a seu mandado: e elle recebia todos graciosamente, e a nenhum era negado cousa que pedisse. E deu el-rei Dom Henrique alli muitas terras áquelles senhores e cavalleiros que vinham com elle, assim estrangeiros como seus naturaes, e mandou a Aragão por sua mulher e filhos, e foi recebida honradamente.  

D'alli partiu e veiu-se a Toledo, e foi na cidade grande revolta se o receberiam ou não, porque a uns prazia que o recebessem, outros eram de todo em contrario; pero finalmente houveram accordo de o acolher em ella, e foi recebido com grande prazer.

 
 
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano