Procurar textos
 
 

 

 

 

 







DOMENICO AGOSTINO VANDELLI
PARA UMA BIOGRAFIA DE DOMINGOS VANDELLI
(1735-1816)
 
1790
 

- Memória sobre várias misturas de matérias vegetais na factura dos chapéus. Mem. Econ., 11. Ratton, a 2 de Junho de 89, escrevera a Correia da Serra a oferecer a sua fábrica da R. Formosa para se levarem por diante as experiências na manufactura de chapéus, pois soubera por Vandelli da descoberta de um processo de os fabricar por menor preço.

- Memória sobre o modo de aproveitar o carvão de pedra, e os paus betuminosos deste Reino. Mem. Econ. 11.

 
1791
 

- Memória sobre as Aguas-Livres. Mem. Econ., 111.

- Memória sobre o encanamento do rio Mondego. Ibid.

- Brotero assume a direcção do Jardim Botânico de Coimbra.

- Correia da Serra está de novo em Portugal.

- O duque de Lafões é nomeado marechal-general de todas as armas, sendo o máximo responsável pelo exército. Já é um homem muito idoso.

 
1792
 
- Memoria sobre o sal gema das ilhas de Cabo Verde. Mem. Econ., IV.
 
1793
 

- Jubileu de Domingos Vandelli.

- Inaugura-se o Teatro de São Carlos.

- Execução de Luís XVI.

 
1794
Caso Broussonet
 

- Broussonet em Portugal. Notas a Carrere (pág. 173):

"Em Histoire de Jean VI, o autor narra o caso de Broussonet:"Este sábio (Correia da Serra) residia há muitos anos em Londres, onde se refugiara para escapar à perseguição de Manique, intendente da Polícia, que, não podendo atingir o duque de Lafões, tentou prejudicar o Sr. Corrêa acusando-o de jacobinismo; esta acusação fundava-a unicamente na generosa protecção que o duque, a pedido do Sr. Corrêa, havia concedido ao sábio Broussonet, que, fugindo ao Terror, que devastava a sua pátria, procurou asilo em Portugal, aonde chegou provindo das costas de Berbéria sob um nome falso. O duque teve-o por algum tempo escondido num quarto do palácio da Academia das Ciências, onde os sábios mais distintos se apressaram a ir ajudá-lo, aproveitando, ao mesmo tempo, as suas luzes. Há quem afirme que os emigrados franceses, tendo descoberto o seu esconderijo, o denunciaram ao intendente da Polícia. Este, encantado por ter encontrado um pretexto para perseguir o amigo do duque, preparava-se para o prender quando o Sr. Corrêa teve a sorte de escapar ao perigo que o ameaçava, embarcando para Inglaterra."

Esta história deve estar mal contada, quem entra na baila, segundo Broussonet, é Vandelli. Pelo meio anda a maçonaria, em particular Joseph Banks, presidente da Royal Soc., que é quem intercede por Vandelli, recebe Correia da Serra, protege Broussonet, etc.. Rosacrúcios.

 
1795
 
- Março, 24. Morre Martinho de MeIo e Castro. Colega de Pombal no governo, era seu adversário e terá contribuído para a sua desgraça.
 
1796
 

- Bonaparte é comandante-chefe do exército italiano.

- Rodrigo de Sousa Coutinho, protector de Brotero, é nomeado Ministro da Marinha e dos Negócios Ultramarinos. Permanecerá no cargo até 1801, ano em que passa para a Fazenda. Desde 1792 era presidente do Erário Régio. A seguir vai haver imensa confusão acerca de quem faz a vida negra a Alexandre Rodrigues Ferreira, enviando avisos e massacrando-o com burocracias. É Rodrigo de Sousa Coutinho, espicaçado por Brotero, e não Vandelli. Brotero é director da Ajuda a partir de 1811, e Alexandre ainda o vai suportar uns anos.

 
1797
 

- De Vulcano Olisiponensi et montis Erminii. Memorias da Acad. R. Sc., I.

- Florae, et Faunae Lusitanicae Specimen. Ibid.. Este trabalho fora apresentado em 1787.

- Varias observações de chimica e historia natural. Mem., I.

- Abade Correia da Serra é obrigado a fugir para Londres, na sequência do caso Broussonet. Segundo Pina Manique, era ele o primeiro dos bota-fogos. Oliveira Martins diz que era um "infatigável propagandista, e que por sua mão corriam secretamente manuscritos de obras sediciosas". Em Londres é acolhido por Joseph Banks, presidente da Royal Society of London. Em 1801 é nomeado Conselheiro da Legação Portuguesa, e destituído pouco depois. Outros dizem que se demitiu. Passa a França, daqui para os USA. Esta história está mal contada, embora seja óbvio que todos estes homens sâo liberais. E mesmo jacobinos. Correia da Serra mandou recados afectuosos para Brotero através de Saint-Hilaire, quando este veio saquear os nossos museus.

 

1799

 
- D. João é proclamado regente.
 
 
   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano