Odete Costa Semedo.

POEMAS - INDEX

Djiu sin numi

Ña udjus
Djiu sin nomi
Macare ku na ronka si forsa na mar
Mare salgadu
Sin bida
Ña udjus
Udjus sin nomi
Ku kapli pa ba punta
Kilis ku na findji kasibi
Ña udjus, no udjus
Djiu sin nomi
Na kalabus di mons, di dedus
E na sindi
E odja utru udjus
E ka fia osis semprenti
Ku karni larga
Ke na djimpini
Ña udjus
No udjus udjus di tudu djinti
Djius sin nomi
Ku bida
Udjus ke na purfia

Ilhas sem nome

Meus olhos
Ilhas sem nome
Maré alta a transbordar no oceano
Ondas salgadas
Que insuportam o acordar
Vazias de vida
Meus olhos
Olhos sem nome
Precipitam e atentam
Contra o impávido
Meus olhos, nossos olhos
Ilhas sem nome
Aprisionados pelas mãos, pelos
Soltam raios
dedos
Reconhecem outros olhos
E inacreditam esqueletos ousados
Abandonados pela carne
Espreitando
Meus olhos
Nossos olhos, todos os olhos
Ilhas sem nome
Ganharam um nome
Passaram a ser
Olhos-que-já-não-acreditam

Odete Costa Semedo, Entre o Ser e o Amar
In:
Aldónio Gomes & Fernanda Cavacas, A literatura na Guiné-Bissau. Lisboa, Grupo de Trabalho do Ministério da Educação para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1997 

Maria Odete da Costa Soares Semedo (1959) nasceu em Bissau. Diplomada em Letras pela Universidade de Lisboa. É professora da escola de formação de professores em Bissau (Escola Normal Superior Tchico Té), e professora colaboradora da Universidade Colinas de Boé, também em Bissau. Foi Ministra da Educação Nacional e Presidente da Comissão Nacional para a UNESCO, Bissau. Investigadora Sênior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas, INEP-Bissau, foi muito recentemente Ministra da Saúde em seu país. Possui diversos trabalhos publicados em várias antologias literárias, jornais e revistas da especialidade na Guiné-Bissau e no estrangeiro.

Doutoranda em Letras na PUC Minas, contam-se, entre as suas obras publicadas, "Entre o ser e o amar" (poesia, Bissau: INEP, 1996); "SONNÉÁ histórias e passadas que ouvi contar I" (contos, Bissau: INEP, 2000) e "DJÉNIA histórias e passadas que ouvi contar II" (contos, Bissau: INEP, 2000); "No Fundo do Canto" (poesia Viana do Castelo: Edição da Câmara Municipal de Viana do Castelo- Portugal, 2003). Este último foi também publicado aqui no Brasil, em 2007, pela editora Nandyala, Belo Horizonte.

http://veronicabenesi.blogspot.com/2008_05_01_archive.html

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano