Guiné-Bissau
LITERATURA

Francisco Conduto de Pina

Poemas

Criança

Qual luz do sol
que brilha pela manhã
es tu inocente ser
que apenas queres brincar

Não sabes odiar, não sabes desprezar
só queres criancinha, amigo arranjar
na tua inocencia, na tua espontaneidade
dizes o que ouves, p'ra um bom amigo cativar.

Tens Mãe, tens Pai
mas pertences a todos
tal como aquelas
sem Mãe e sem Pai

Flor de um jardim
que a todos encanta
embora seja só
o jardineiro a regá-la.

In: http://guineletras.blogspot.com/2009/12/francisco-conduto-de-pina_310.html

 
 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano