JOSÉ GAMA:
A CABANA DO SANTO,
entre os Índios Carijós

 

INDEX

1. Introdução
2. Os dados da questão
3. Algumas reflexões
4. Conclusão
Referências bibliográficas

1. Introdução

Os domínios do sagrado e da magia não têm fronteiras bem delimitadas, particularmente nas épocas mais recuadas da história da humanidade. Hoje, temos conceitos mais precisos, que correspondem a áreas do saber melhor delimitadas. O que pertence ao domínio do sagrado, do religioso, distingue-se com clareza da esfera da magia e da superstição. O progresso do conhecimento, com o rigor da ciência e o respectivo aperfeiçoamento conceptual, não significa, no entanto, a erradicação das práticas e atitudes humanas que estiveram na origem desses fenómenos. Com maior ou menor insistência, continuamos a ouvir falar e a constatar a presença e a oferta de determinadas práticas e “serviços” na sociedade de hoje. Nem sempre é fácil avaliar com certeza a fronteira que separa o domínio da convicção do domínio da pura exploração lucrativa da crendice. Olhar para trás e analisar alguns traços da história da nossa relação com a cultura dos Índios do Brasil, será certamente útil e interessante para a compreensão dessas constantes do comportamento humano.

A situação que vou apresentar remonta aos primeiros contactos dos missionários jesuítas com os índios do Brasil, concretamente com os Carijós, que pertencem ao grande grupo Tupi-Guarani. (LEITE, 1956, p. 14) Tendo como fonte as primeiras cartas escritas do Brasil pelos jesuítas (1549-1553), é sobre esse primeiro momento de encontro e de confronto de culturas e de “discursos” que pretendo aqui retomar alguns dados e tecer algumas considerações.

 

José Gama . UCP – Faculdade de Filosofia de Braga

Apenas

"Naturarte" e "Lápis de Carvão"
Comunicações aos colóquios em livros de cordel, publicados pela
Apenas Livros Lda.

Outros espaços da ciência no sítio:

Jardins

Naturalismo

Naturarte

Outros espaços da espiritualidade no sítio:

ISTA - site do Instituto S. Tomás de Aquino

Espirituais

Alquimia em Portugal - António Amorim da Costa

La Langue des Oiseaux - Richard Khaitzine

TriploV - Mapa - Cibercultura - Teatro - Zoo - Poesia - Letras - Surrealismo - CICTSUL

DIREITOS RESERVADOS
Sendo o TriploV uma publicação com fins exclusivamente culturais, cremos não usar indevidamente textos e imagens. Mas se tal acontecer, pedimos que o facto nos seja comunicado, para os retirarmos.

triplov@triplov.com
PORTUGAL

 
 
   

Última Actualização:
16-Jun-2006


hospedagem
Cyberdesigner:
M a g n o U r b a n o

 

.