-


 


 

 

 


 

 

A PEDRA DE COBRE
CATÁLOGO DE MANUSCRITOS
 

1. Officio do Juiz de fóra Marcellino da Silva Pereira para o Governador Marquez de Valença, sobre a descoberta do cobre. Cachoeira, 11 de março de 1782. Extracto. Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.024.

2. Officio do Governador Marquez de Valença para Martinho de Mello e Castro, em que participa o apparecimento de uma grande porção de cobre nuns terrenos pertencentes ao termo da Villa da Cachoeira, que remette, juntamente com algumas pedras e terra do logar em que fôra encontrado para serem devidamente examinados e analysados, pois seria da maior utilidade a exploração da mina, que por ventura se descobrisse. Bahia, 4 de junho de 1782. Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.023.

3. Carta do notavel naturalista e Director do real Jardim Botanico de Lisboa, Domingos Vandelli (para Martinho de Mello e Castro), pela qual apresenta e recommenda Antonio Ramos da Silva Nogueira para proceder ás pesquizas das minas de cobre e ferro, que se suppunha existirem nas serras da Cachoeira. Extracto. Bahia, 28 de agosto de 1782. Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.460.

4. Carta de Domingos Vandelli (para Martinho de Mello e Castro), na qual se refere ao resultado das analyses chimicas que fizera sobre o cobre remettido da Bahia e procedente da Cachoeira e á creação de um curso de historia natural economica, applicada á agricultura, ás artes, á medicina e ao commercio que elle pretendia reger todos os annos no Real Jardim Botanico, e pede a protecção de Martinho de Mello para o bom exito da sua iniciativa. Lisboa 4 de setembro de 1782. Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.461.

5. Requerimento do Dr. Domingos Vandelli, Director do Real Jardim Botanico de Lisboa, em que pede á Rainha autorização para reger todos os annos no mesmo Jardim um curso de Historia Natural Economica. (Anexo ao n. 11.461). Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.462.

6. Analyse das amostras de cobre e ouro remettidas da Cachoeira e a que se refere o officio antecedente. Bahia, 26 de maio de 1783 (Annexo ao n. 11.240). Anais da Biblioteca Nacional, 32 (1914), doc. 11.241.

 

>>>>>>>MEMORIA  SOBRE O COBRE VIRGEM OU NATIVO...

Por Domingos Vandelli 

Discursos e Práticas Alquímicas. Volume II (2002) - Org. de José Manuel Anes, Maria Estela Guedes & Nuno Marques Peiriço. Hugin Editores, Lisboa, 330 pp. Online no TriploV.
 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano