.......
MARIA AZENHA
Espanquemos os pobres!
 

 

Nós que somos muitíssimo riches
BPP BPN BANIF
como depositar dinheiro em onshores?
antigamente quando os banqueiros eram anarquistas
as receitas eram feitas nas farmácias.
hoje dizem que temos que acertar contas
com o Visa. os carros são invisíveis – as cadeiras também.
eu digo que Adão foi o primeiro homem virtual
Eva seria como um boletim meteorológico
A serpente é outra estória vive no chão
desde o antigo testamento.
há dias vi um chapéu-de-chuva com Sócrates lá dentro
cada palavrinha dele é como a casa das bonecas
que bem podia ser a casa- das- histórias da paula rego .
continuemos.
conheci um banqueiro que só dizia piadas de caserna
a minha mãe que não tinha a idade de Sócrates
declarava que mais tarde eu iria compreender tudo
porque há livros escritos para as quintas feiras
e outros para os outros dias com pessoas mais vulgares.
felizmente que tenho um vizinho de setenta anos
que desmaia sempre nesse dia.
conclusão: deve ser bom morrer
todavia não posso ler o livro do poço
nem conhecer a colecção de presépios da gioconda
há pouco tempo assisti à consoada dos prédios
com paredes em derrocada.

graças a deus sou uma grande sortuda :
aprendi a desmaiar no dia 10 de junho
com um breack de poucos segundos
este poema que não é de fernando pessoa
está num paraíso fiscal
a minha avó sempre me dizia: offshores: qual é a tua Man?
offshore é um termo da língua inglesa que significa “afastado da costa”.
então não temos uma costa extenssíssima?!
ultimamente não tenho ido ao cinema,
que pena!
gostava de acrescentar mais nomes à lista
que ainda não vieram a lume.
tenho um professor de pilates que sempre nos ensina:
alonguem, alonguem, alonguem a coluna.
já estou tão alta que posso tocar o mundo em qualquer parte
o justo é levantar as mãos sem usar soutien
com uma ampulheta no coração e pendurá-las na parede
assim , mesmo que eu desmaie
como o meu vizinho às quintas feiras,
posso continuar a escrever livros sobre a história dos animais .
ainda bem que há um parlamento em quase todos os países
senão seria uma vergonha para o nosso querido Joyce.
ora, ora! Offshores!?
romances de dividir o mel pelas aldeias...

 

 

maria azenha

2017,fevereiro,3,Lx

 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano