:::::::::::::::::::::Ana Lee::::::::::::::::::::::::::

Cantora Ana Lee mostra músicas de seu CD de estréia mesclando com repertório inédito que prepara para seu próximo trabalho.

O CD “ANA LEE”: TRADIÇÃO E CONTEMPORANEIDADE

Produzido por André Magalhães, ex-Aquilo Del Nisso, trabalho aposta numa sonoridade acústica e camerística, investe em nova safra de compositores paulistas e busca sonoridade diferenciada.

Ana Lee lançou em 2002 seu primeiro CD, homônimo, produzido por André Magalhães (Estúdio Zabumba), e traz em seu repertório estilos variados, compositores que vão da nova geraçãocomo Chico César, Lincoln Antonio e Walter Garcia, passando por José Miguel Wisnik, Chico Buarque (cantando O Que Será – À Flor da Pele acompanhada apenas do baixo acústico de Célio Barros), até Manuel Bandeira e Jayme Ovalle com sua Modinha – opus nº 5 (sendo a “modinha” o primeiro gênero de canção popular a chegar ao Brasil, segundo J. R. Tinhorão), entre outros.

O disco tem uma sonoridade extremamente sofisticada, apoiada em poucos instrumentos, porém com combinações variadas e surpreendentes, buscando as sutilezas e o relevo da palavra.

Assim, traz formações pouco usuais como a que leva o clarone na função de contrabaixo (como em “Virtual” de Wisnik e Alice Ruiz e “‘Tô ligada, ‘Tô legal”, de Walter Garcia, também autor do livro Bim-Bom: A contradição sem conflitos de João Gilberto) ou como no duo de contrabaixo e voz em O que será – À flor da pele (de Chico Buarque), destacando a letra da canção.

Ou ainda em Deserto para Erik Satie (de Lincoln e Walter) com piano, fagote, percussão e voz.

O CD contou com a participação de Swami Jr. (violão 7 cordas), Célio Barros (baixo acústico), Ari Colares (derbak), Miguel Briamonte (piano), Guilherme Kastrup (percussão, programação e samplers), Bráulio Mendonça (violão nylon) e Ozias Stafuzza (violão nylon), Cássia Maria (percussão), Itamar Vidal (clarone) e Ramoska (fagote), Ana Isabel (viola), Marisa Silveira (cello), J. H. Penna (flauta ; arranjo de cordas e flauta), André Magalhães ( bateria e percussão) e Oswaldinho do Acordeon.

Apresentou-se em shows de lançamento do CD em vários espaços culturais como SESCs (projetos: As Faces de Eva – SESC Consolação; Prata da Casa – SESC Pompéia; Outras Bossas – SESC Santo André), teatros (Centro Cultural São Paulo, Crowne Plaza), livrarias (Fnacs: FNAC Pinheiros - São Paulo, FNAC BARRA - Rio de Janeiro, FNAC Campinas; Livraria Cultura), Villaggio Café, Biblioteca Mário de Andrade, Centro Cultural Wladimir Herzog (Diadema), Museu Barão de Mauá (Mauá), Teatro Adamastor (Guarulhos), SESC Água Verde (Curitiba), Teatro do Centro Feminino de Cultura – Curitiba – PR; além de outros eventos variados e saraus literários, como o Sopa de Letrinhas no Caiubi (perdizes – São Paulo); o lançamento da revista americana de poesia Rattapallax, a convite de Ricardo Corona, na Choperia do SESC Pompéia; o aniversário da Cooperativa Paulista de Música na Choperia do SESC Pompéia; projeto “A Nova Safra da MPB” no SESC Belenzinho; projeto “Temporada de Música na Funarte” – sala Guiomar Novaes – SP, lançamento do nº 16 do fanzine PNOB, etc.

Foi semifinalista do Prêmio TIM 2003.

Tem seu CD lançado e distribuído no Japão pelo selo KoalaRecords desde outubro/2004.

Nomomento grava seu segundo CD e continua temporada de shows em São Paulo e em outras cidades, mostrando poemas musicados por ela (como do poeta e editor paranaense Ricardo Corona, do poeta, músico e compositor carioca Alexandre Lemos, da poeta norte-americana Emily Dickinson, entre outros) e outras canções inéditas (como do Guarabyra; e parceria entre Floriano Martins e Mário Montaut), além de algumas do seu disco de estréia.

Rádios:

Tem seu CD “Ana Lee” tocado na programação da rádio USP FM – São Paulo; rádio Cultura AM de São Paulo; Rádio UNESP FM; rádio Itapema – Sta. Catarina; rádio Cultura FM de Porto Alegre; rádio FM Educativa de Paraná; rádios em Pernambuco, Belém, etc.;rádio do site MUSICAL MPB; rádio do site Expresso 2222; rádio do site UOL, entre outras.

Formação:

Ana estudou canto com Nancy Miranda (erudito e popular), freqüentou as Oficinas de Movimento (corpo e voz) com a cantora Consiglia Latorre e com Sandra Sofiatti (que trouxeram técnicas ligadas à escola antroposófica e de canto terapêutico, respectivamente), além de cursos livres e de expansão cultural de teoria e percepção musical nos SESCs, na ECA – USP, aulas de canto no conservatório Souza Lima e finalmente com a professora Suzana Igayara.

Participou de coletâneas a serem lançadas na Europa e no Japão: “Brasilidade” e “Cachaça Fina” (ambas pelo selo MBB Music); “Estação RSMB” (2003/2004); CD do Compositor Mário Montaut, a ser lançado em 2004 pelo selo MBB Music no Brasil e exterior; CD de Tato Ferraz a ser lançado em 2004; CD “Música para reciclar”, da ONG Movimento Eco Cultural, entre outros.

Algumas opiniões da crítica especializada:

The madonna of seduction
Ana Lee’s delicate touch is fatally addictive.
Her voice captivates from the first note. In the vast pantheon of Brazilian divas, only Gal Costa has had a similar effect on me. Ana Lee ’s voice is clear and sweet, delicate and seductive, finely tuned and enveloping all at once.
As finely tuned as the voice are the singer’s instincts in selecting her repertoire. In her debut CD, she chose not to rehash the obvious or to pander to the easy listen. Instead, Ana Lee showcases new work by talented contemporary paulista composers, whose work is laced with poetry or penetrating social commentary, and whose love songs are maturely contemplative.(Daniella Thompson - http://www.brazzil.com/daniv/Texts/Reviews/Ana_Lee.htm )

“Ana Lee é intérprete precisa, com timbre bonito e envolvente... de voz doce, que caminha com segurança e serenidade por todas as nuances, amarrando as canções com um fio delicado de requinte” (Toninho Spessoto – Jornal Movimento).

"Caprichado disco de estréia, música brasileira feita com elegância. (...) -Marcus Preto (revista da MTV, São Paulo).

“Cantando ora à capela, ora acompanhada apenas pelo baixo acústico em O Que Será – À Flor da Pele (Chico Buarque), Ana deixa evidente toda a beleza da voz e o domínio da técnica vocal. Mas a faixa é só o ponto de partida para um disco que chama a atenção pela delicadeza e sofisticação dos arranjos acústicos, em repertório bem equilibrado entre inéditas e regravações” (Rosualdo Rodrigues – Correio Brasiliense – Distrito Federal)

“Ana Lee arrisca (e acerta) com uma pungente versão voz e baixo acústico para “O Que Será – À Flor da Pele”. Estréia promissora (Jornal O Tempo – BH – MG).

O CD de estréia de Ana Lee (homônimo, independente) demonstra que ela sabe conciliar a voz afinada a arranjos sofisticados, que passam por vários estilos da MPB. (Site Musical MPB – Gema do Novo)

"O CD Ana Lee traz a voz doce e aguda da intérprete a serviço da MPB de Chico César, José Miguel Wisnik e de novos compositores como Lincoln Antônio. - Rodrigo Pereira (revista Veja São Paulo)”.

“Uma das mais talentosas e promissoras cantoras atualidade: além da voz encantadora, Ana Lee mostrou, no disco de estréia que leva seu nome, muito bom gosto na escolha do repertório” (site Cantos Brasileiros).

Contatos para shows:  

São Paulo:

Com Ive: ivedeoliveira@uol.com.br

Tel.: 11 5084-5714

e/ou

ana-lee@uol.com.brwww.analee.com.br

Tel. : 11 5908-0672 ; cel.: 11 9125-7004

Rio de Janeiro:

Adriana Figueiredo - cantanteprodu@hotmail.com

Tel.: 21 2225-3047 ; cel.: 21 9798-8475

 

Venda de CDs: através do e-mail ana-lee@uol.com.br e

da loja virtual (para todo o Brasil):

www.doisll.com.br (canal de CDs ON LINE)

ou das seguintes lojas:

Em SP:

Baratos e Afins ; Livraria da Vila ; Pop´s Discos ; Music Place ; Arte Musical - Shopping Vitrine ; Empório Paulista de Cultura - Loja de CD's ; Livraria Cortez (ao lado da PUC - Perdizes); Livraria Casa do Psicólogo (Pinheiros)

Livraria Palas Athena (Próx. ao Instituto Itaú Cultural) ; Zaccara Cd´s (Perdizes), entre outras.

No RJ:

Modern Sound ; Livraria FNAC – Barra

Village (sebo de CD´s novos e usados - especializado em títulos raros e fora de catálogo)

Livraria da Travessa do CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil

Livraria da Travessa da R. Visconde de Pirajá – 572 - Ipanema

Arlequim CDs (Paço Imperial)

Em Curitiba – PR:

Com João Sobânia – jsobania@uol.com.br

Em Florianópolis – SC:

Alexandre de Albuquerque Montenegro – alex@emc.ufsc.br

 

 
 E-mail: ana-lee@bol.com.br

 

 


 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano